UOL Esporte Últimas Notícias
 
13/06/2011 - 23h39

Mano indica que Marcelo foi excluído da Seleção por forçar dispensa

Rio de Janeiro, 14 jun (EFE).- O treinador da seleção brasileira, Mano Menezes, afirmou nesta segunda-feira que afastou o lateral-esquerdo Marcelo, do Real Madrid, pela suposta manobra realizada pelo jogador para não participar do amistoso contra a Escócia, em março.

"Para mim e para a torcida o mais importante é a seleção brasileira. Quero que todos os jogadores sintam isso", disse Mano em entrevista à "Sportv".

O técnico assegurou que se baseou em "fatos" para confirmar que Marcelo não tinha interesse em participar do jogo contra a Escócia, vencido pelo Brasil por 2 a 0.

Mano confirmou que recebeu um e-mail enviado por Marcelo por engano, já que a mensagem deveria ser encaminhada para outro destinatário. Desta forma, Mano teria descoberto a manobra do jogador para não jogar o amistoso e dedicar-se a seu clube.

O técnico não entrou em detalhes, mas assentiu quando um jornalista apresentou a versão de que Marcelo teria dito no e-mail "já resolvi esse problema", em alusão à convocação para a seleção brasileira.

Marcelo alegou ter sofrido dores nas costas após um choque em um treino da seleção brasileira em Londres, pelo que Adriano, do Barcelona, foi convocado para sua vaga.

"Ninguém renuncia a um jogador que está jogando tanto quanto o Marcelo por antipatia", acrescentou Mano, que não fechou as portas da Seleção para o atleta, já que os jogadores "às vezes podem ser pressionados por seus clubes".

Na Copa América, o Brasil terá como laterais-esquerdos o próprio Adriano e André Santos, do Fenerbahçe.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host