UOL Esporte Últimas Notícias
 
14/06/2011 - 03h05

Dallas, em festa, recebe o campeão Mavericks

Redação Central, 13 jun (EFE).- A cidade de Dallas celebrou nesta segunda-feira a volta do campeão Mavericks, que ficou com o título da NBA depois de bater o Miami Heat por 4 a 2 na série final.

Em sua chegada ao aeroporto de Love Field, o dono dos Mavericks, Mark Cuban, adiantou que todos os festejos e desfiles que a equipe fará pela cidade serão pagos com dinheiro de seu próprio bolso.

O polêmico dono dos Mavs, que tirou uma foto ao lado do troféu Larry O'Brien tragando um autêntico charuto cubano, escreveu em sua conta no Twitter que tinha sentido uma sensação muito "rara" quando dormiu no hotel ao lado da taça.

O mesmo acontece com os moradores de Dallas, que viram a equipe ser campeã pela primeira vez em seus 31 anos de história e superaram a frustração da derrota sofrida nas finais de 2006 diante do mesmo Heat.

A cidade texana também não celebrava um título de uma equipe profissional desde 1999, quando o Dallas Stars, time de hóquei sobre o gelo da NHL, venceu a Stanley Cup.

"Agora já somos uma cidade de campeões. Dallas merecia isso", declarou o pivô alemão Dirk Nowitzki, o herói das Finais da NBA e vencedor do prêmio de Jogador Mais Valioso (MVP).

Do lado do Miami Heat restou a contestação a suas maiores estrelas e ao treinador Erik Spoelstra.

Segundo a imprensa e os torcedores do Heat, o desaparecimento de suas três maiores estrelas - LeBron James, Chris Bosh e Dwyane Wade - nos momentos decisivos foi culpa da estratégia de Spoelstra.

As estatísticas confirmaram que o rendimento da equipe não foi o melhor quando os três estavam em quadra ao mesmo tempo, mas que o potencial do time melhorava quando James não estava em quadra junto a Wade.

Com isso, agora a grande dúvida no Heat é se Spoelstra continuará no cargo para a próxima temporada.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host