UOL Esporte Velocidade
 
05/06/2010 - 08h15

Valentino Rossi quebra a perna durante treino para a MotoGP

Das agências internacionais
Em Mugello (Itália)*

O italiano Valentino Rossi, principal estrela da motovelocidade atual, teve fratura dupla exposta na perna direita neste sábado. Na última sessão de treinos livres para o Grande Prêmio da Itália de MotoGP, no circuito de Mugello, ele sofreu uma queda grave e foi retirado da pista pelos médicos.

  • STR/AFP

    Rossi sofreu a queda após perder aderência da roda traseira de sua moto na curva Biondetti

 Na queda, Valentino Rossi fraturou a tíbia direita. O piloto italiano precisou receber atendimento médico para deixar a pista após sentir fortes dores na perna e foi levado para o centro clínico do autódromo, onde foi constatada a fratura.

"Valentino Rossi sofreu uma fratura exposta e o deslocamento de sua tíbia direita após se acidentar no treino para o Grande Prêmio de Mugello nesta manhã", informou a equipe Yamaha em um comunicado oficial.

Valentino Rossi, de 31 anos, foi levado com um helicóptero a um hospital em Florência e seria operado imediatamente devido à complicação da fratura, em que o osso teria ficado perto de atravessar a pele, de acordo com os médicos que fizeram o atendimento na pista.

“Eu estou calmo, eles vão fazer o melhor que podem”, afirmou Valentino Rossi no autódromo de Mugello.

O atual campeão da MotoGP caiu ao perder a aderência da roda traseira de sua moto Yamaha e conseguir recuperar bruscamente, o que lhe fez ser arremessado na curva Biondetti, onde ficam duas curvas em sequência na pista italiana.

Com a fratura da perna, Valentino Rossi está praticamente fora da disputa do título mundial de 2010, uma vez que o piloto italiano precisará ficar afastado entre quatro e cinco meses em sua recuperação e deverá perder o restante da temporada.

Valentino Rossi foi levado ao Centro Traumatológico e Ortopédico (CTO) de Florência, onde foi operado após fraturar a tíbia e a fíbula da perna direita, com o médico Macchiagodena sendo o responsável pela cirurgia.

O médico Cláudio Costa, que trabalha na clínica móvel nas etapas da MotoGP acompanhou o piloto italiano no hospital e assegurou que a fratura não causou danos musculares e não prejudicou vasos sanguíneos. De acordo com os médicos, a cirurgia de Valentino Rossi foi feita com sucesso.

Esta foi a lesão mais grave da carreira de Valentino Rossi, que jamais havia ficado fora da principal categoria do motociclismo mundial antes de sofrer a queda na Itália. A equipe Yamaha afirmou não ter pressa para definir o substituto de Rossi.

*Atualizado às 15h51

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host