Animado, Barrichello pretende anunciar até segunda-feira acerto para correr na F-Indy

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução/Facebook KV Racing Technology

    Kanaan convidou Barrichello para teste na KV que deu início às negociações

    Kanaan convidou Barrichello para teste na KV que deu início às negociações

Os próximos dias serão decisivos para a carreira de Rubens Barrichello. Depois de 19 temporadas na Fórmula 1, ele pode anunciar sua ida para a Fórmula Indy. Em intensas negociações com a KV Racing e possíveis parceiros, o piloto brasileiro espera ter uma definição sobre seu futuro no início da próxima semana. E as chances de o acordo acontecer são grandes.

"Na verdade tem muita coisa acontecendo nesse momento. Estamos falando com muita gente, a equipe vem falando comigo , mas tem algumas coisas a serem resolvidas ainda. Acho que até o início da semana, até segunda, podemos fazer um anúncio se estou ou não indo para lá", disse Barrichello ao Jogo Aberto, da TV Bandeirantes.

Um dos entraves está dentro da casa de Barrichello. Sua mulher, Silvana, é contra ele participar de corridas em pistas ovais. "Tem meu aspecto familiar também, mas as crianças [os filhos Eduardo e Fernando] estão me ajudando bastante a resolver as coisas com a Silvana", contou. "Nunca me imaginei correndo num oval. Podia falar para a Silvana antes que isso nunca ia acontecer porque achei a vida inteira que ficaria na Fórmula 1 e que, quando acabasse, no máximo eu correria um pouco na Stock Car. Mas hoje isso não é um impasse."

Rubens Barrichello
Rubens Barrichello

O acordo entre Barrichello e KV Racing também depende de questões financeiras. A equipe está em busca de patrocínios e verba para formar um time que cuidaria do carro de Barrichello. A IRL e o próprio brasileiro também estão empenhados na busca por investidores.

BAND USA RUBINHO PARA PROMOVER CORRIDA EM SÃO PAULO DA FÓRMULA INDY

  • O Jogo Aberto promoveu algumas vezes durante a entrevista com Barrichello a etapa de São Paulo da F-Indy, no fim de abril. E ao fim da participação do piloto, comerciais no ar. A primeira propaganda foi da venda de ingressos para a Indy em São Paulo. Curiosamente, o escolhido para promover a prova é Tony Kanaan, responsável pelos testes de Rubinho com a sua equipe, a KV Racing. Coincidência?

Os testes que fez pela equipe KV Racing animaram muito Barrichello. O ex-piloto da Ferrari (defendeu a escuderia durante seis temporadas) testou o carro da KV Racing no circuito de Sebring, na Flórida, completando 155 milhas. Ele se disse animado com a oportunidade, falou como um estreante e recebeu elogios.

"A vontade existe. A equipe está, sim, trabalhando para que a coisa aconteça. Vamos esperar um pouco mais. Estou super feliz e me senti uma criança fazendo o teste. Fui primeiro, mas não quer dizer que serei primeiro sempre. Existe um próximo teste programado e já existe a expectativa se vou lá andar ou não", comentou.

Barrichello tinha a expectativa de permanecer na Fórmula 1, mas a Williams, sua última escuderia, optou por outro brasileiro para a vaga, o jovem Bruno Senna, sobrinho do tricampeão Ayrton.

Assim, Barrichello passou a considerar com maior carinho os convites que começou a receber de outras categorias. E como deixou claro nas últimas semanas, o treino que fez pela KV Racing, do também brasileiro Tony Kanaan, mexeu com suas expectativas para este ano.

"Se a coisa desenrolar da forma como a gente quer, é realmente uma possibilidade eu andar de Fórmula Indy", completou Barrichello, que em caso de acerto participaria pela primeira vez na carreira de uma corrida de rua em São Paulo, a SP Indy 300, em 29 de abril.



Shopping UOL