Rubinho fecha com equipe da Stock Car para disputar a Corrida do Milhão

Do UOL, em São Paulo

  • Miguel Costa Jr./MF2

    Rubens Barrichello posa ao lado do carro da Full Time, sua nova equipe na Stock Car

    Rubens Barrichello posa ao lado do carro da Full Time, sua nova equipe na Stock Car

Após terminar a sua temporada de estreia na Fórmula Indy em 12º lugar, Rubens Barrichello deu um jeito de continuar competindo e fechou contrato com a equipe Full Time, da Stock Car, para disputar a Corrida do Milhão, que encerrará o campeonato no dia 9 de dezembro em Interlagos.  

Rubinho doará o cachê de R$ 230 mil pela sua participação, e disse ter aceitado o convite para ajudar a entidade filantrópica que mantém em parceria com o amigo Tony Kanaan. 

Rubens Barrichello
Rubens Barrichello

"Nunca escondi minha paixão pela Stock Car. Agora, vou ter a chance de unir o útil ao agradável, já que o Instituto Barrichello Kanaan será o grande beneficiário do projeto. A iniciativa já é vitoriosa antes mesmo de começar. Mil crianças do IBK já saem ganhando, independentemente do resultado", declarou Barrichello. 

"Para mim está sendo uma honra. Sempre me dediquei ao lado social, porque na minha carreira sempre fui muito ajudado. O foco principal está sendo ajudar o Instituto, além de uma realização pessoal que é pilotar um Stock Car", completou Rubinho, que vestiu as cores da sua nova equipe durante o anúncio na sede da Full Time, em Cotia, na Grande São Paulo. 

Barrichello já experimentou o novo cockpit, e fará seu primeiro teste na Stock Car no dia 15 de outubro, no circuito de Curitiba. O piloto ainda analisa a possibilidade de antecipar a estreia para a etapa paranaense, no dia 21, ou na de Brasília, em 11 de novembro. Em Interlagos, ele disputará o prêmio de R$ 1 milhão que será dado ao vencedor da etapa de encerramento da temporada.

"Entrei no carro e é uma sensação completamente diferente daquela do meu dia-a-dia. Eu não vejo as rodas, tem uma cabina fechada em cima de mim... Acho que essa familiarização com uma coisa fechada vai demorar um segundo ou dois", comentou o piloto de 40 anos, recordista em largadas na Fórmula 1. 



Shopping UOL