Após pilotar Stock Car pela primeira vez, Barrichello anuncia estreia no domingo

Do UOL, em São Paulo

  • Miguel Costa Jr./MF2

    Rubens Barrichello testa carro da Stock Car no autódromo de Curitiba

    Rubens Barrichello testa carro da Stock Car no autódromo de Curitiba

Anunciado como principal atração da Corrida do Milhão da Stock Car, Rubens Barrichello teve seu primeiro contato com um carro da categoria nesta segunda-feira, durante testes realizados no Autódromo Internacional de Curitiba. Barrichello pilotou um carro da equipe Medley/Full Time e, depois de avaliar seu desempenho nos testes, decidiu fazer sua estreia na Stock Car já neste domingo, na etapa de Curitiba.

"Estou gostando muito desta nova experiência e concluímos que a prova do fim de semana será um ótimo treinamento para a Corrida do Milhão", declarou o piloto. Ele também vai correr em Brasília, no dia 11 de novembro, antes de disputar a Corrida do Milhão, em 9 de dezembro.

Barrichello dirigiu o novo carro pela primeira vez na manhã desta segunda. Ele fez apenas saídas curtas de quatro voltas para se adaptar ao veículo na primeira sessão. Mais tarde, na segunda bateria, já se sentiu mais à vontade e passou a trabalhar no acerto do carro. "É tudo muito diferente. A visibilidade do Stock Car é quase zero e já estranhei de cara não ver as rodas. Quase pedi para abrirem as portas", brincou. "Mas, aos poucos, você vai se acostumando. Além disso, tudo o que você faz com paixão, como tenho feito ao longo de toda minha carreira, acaba dando certo", acrescentou.

Apesar do pouco tempo de trabalho, Rubinho já ganhou elogios do diretor-técnico da Medley/Full Time, Maurício Ferreira: "Ele está aprendendo muito rápido. Pena que o tempo que temos para estes testes é insuficiente, teríamos diversas experiências para fazer, então a corrida aqui no fim de semana será muito útil para prosseguirmos nessa adaptação", afirmou. De acordo com o regulamento da Stock Car, pilotos convidados podem treinar por um período máximo de três horas.

Na Stock Car, Barrichello será companheiro de equipe de Xandinho Negrão. Os dois são velhos conhecidos, já que conviveram durante três temporadas - entre 2005 e 2007 -, quando Xandinho disputou a Fórmula GP2, categoria de acesso à Fórmula 1. O ex-piloto da Ferrari vai usar o número 17 no nova categoria, em homenagem a seu ídolo Ingo Hoffmann, dono de 12 títulos na Stock Car.

Rubens Barrichello
Rubens Barrichello


Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos