Jogadoras de vôlei fazem calendário com fotos sensuais para arrecadar fundos para Superliga

Do UOL, em São Paulo

  • Divulgação

    Jogadores de vôlei de Araraquara posam para fotos sensuais para calendário

    Jogadores de vôlei de Araraquara posam para fotos sensuais para calendário

Na temporada passada, a equipe feminina de vôlei de Araraquara (SP) ficou fora da Superliga, principal competição do país, por falta de recursos financeiros para custear inscrição, viagens e despesas ao longo do torneio. Este ano, as jogadoras e comissão técnica se uniram para não deixar isso acontecer. A solução encontrada foi a realização de fotos sensuais, que serão divulgadas em forma de calendário, e terão a verba arrecadada destinada aos gastos da equipe na disputa da Superliga B (divisão de acesso ao torneio principal)

Quem teve a ideia foi a preparadora física da equipe, Samanta Santos, que garante que nenhuma das atletas têm o objetivo de se promover com as fotos. Segundo ela, tudo foi feito pensando apenas no lado financeiro. Os calendários, que devem estar à venda em breve, custarão R$ 20 quando vendidos unitariamente, e R$ 18 quando forem vendidos em "pacotes" de 50 calendários, especialmente para empresas.

  • Divulgação

"A ideia surgiu a partir de uma necessidade financeira da equipe. Ficamos fora ano passado por R$ 20 mil e não queríamos passar por isso mais uma vez. Temos uma equipe competitiva, e não seria justo isso acontecer de novo. Eu tive a ideia, e queria deixar claro que o ensaio não foi feito pela sensualidade. Foi mesmo pela necessidade, e por isso as meninas toparam. Nem é muito sensual, acho, é mais casual. Elas têm beleza, físico de atleta.  E a gente aproveitou disso para fazer as fotos", afirmou Samanta, ao UOL Esporte.

O objetivo da equipe é, entre novembro e dezembro, conseguir vender aproximadamente 1000 calendários, o que arrecadaria aproximadamente R$ 20 mil. Na última semana, ao menos 50 pessoas de fora de Araraquara entraram em contato manifestando interesse de adquirir o produto. Para Samanta, além do dinheiro, outro "objetivo indireto" é conseguir um patrocinador que ajude a pagar as despesas.

"Temos recebido muita consulta de mídia, e isso é importante para conseguirmos um patrocinador forte, disposto a ajudar. Hoje temos quatro empresas parceiras, e foi com o recurso vindo desse apoio que nos inscrevemos na Superliga B. A taxa foi R$ 5 mil. Agora temos que pagar hotéis, viagens, taxas de arbitragem, etc", explica Samanta, que também posou sensualmente para as fotos. 

A assistente revelou que no começo das fotos, as jogadoras ficaram um pouco tímidas, já que não têm intimidade com "caras e bocas" e com poses sensuais. Apesar da vergonha, todas toparam quando a ideia foi debatida entre elas, Samanta e a técnica, Sandra Mara Leão. 

"Elas ficaram meio receosas no começo, mas toparam e fizeram por amor à equipe, ao vôlei. Ninguém tem a intenção de seguir carreira artística, de se promover com as fotos", completou. A ideia partiu depois que Samanta viu uma equipe na Suíça fazer o mesmo tipo de calendários, e resolveu propôr às suas atletas.

Musas do esporte
Musas do esporte


Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos