UOL Esporte Atletismo
 
05/05/2010 - 16h07

Medalhista olímpica é suspeita de doping em laboratório polêmico na Áustria

Das agências internacionais
Em Viena (Áustria)

Medalhista de prata nos 800m dos Jogos Olímpicos de Sidney (2000), a ex-velocista austríaca Stephanie Graf está sob investigação por suposto envolvimento em um caso de doping.

Segundo informou nesta quarta-feira a agência antidoping da Áustria, a atleta de 37 anos admitiu ter usado os serviços de um polêmico laboratório de Viena, chamado Humanplasma, em 2003. No entanto, Graf nega que o sangue tenha sido reinjetado, o que teria sido ilegal sob as regras internacionais antidoping.

O laboratório Humanplasma revelou em março que suas instalações foram utilizadas por vários treinadores para dopar cerca de 30 atletas entre 2003 e 2006.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host