UOL Esporte Atletismo
 
12/05/2010 - 12h27

Após apelos da Confederação, Jayme Neto Jr. é banido do atletismo

Do UOL Esporte
Em São Paulo

Por decisão unânime, o Superior Tribunal de Justiça Desportiva da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) decidiu o banimento dos treinadores Jayme Netto Jr. e Inando Justino de Sena na noite da última terça-feira, em Manaus.

Em julho de 2009, os técnicos foram pivôs de um escândalo de doping coletivo na equipe que treinavam em Presidente Prudente. Inicialmente, foram punidos apenas por quatro anos, mas a CBAt entrou com recurso, aceito pelo STJD.

Jayme Netto Jr. esteve em cinco Jogos Olímpicos como treinador, foi comandante da seleção brasileira bronze no revezamento 4x100m das Olimpíadas de Atlanta-1996 e vencedora da prata em Sidney-2000. Ele também esteve nos títulos Pan-Americanos de Winnipeg-1999, Santo Domingo-2003 e Rio de Janeiro-2007, assim como no vice-mundial de Paris-2003.

Já os cinco atletas envolvidos (Bruno Lins Tenório de Barros, Jorge Célio da Rocha Sena, Josiane da Silva Tito, Luciana França e Lucimara Silvestre da Silva), que cumpriam dois anos de punição e tiveram a pena reduzida para apenas um terão mesmo que completar a pena inicial.

Outros punidos foram os atletas Rodrigo Bargas e Evelyn Santos, que estavam afastados. A dupla pegou seis meses de suspensão, período que já foi cumprido, e pode voltar a competir. Segundo os relatores, os competidores auxiliaram nas investigações, o que foi considerado como fato atenuante na decisão.
 

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host