Invasor que agarrou queniano durante corrida em Cuiabá diz que queria chamar a atenção da família

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução de vídeo

    Queniano é contido por invasor na Corrida de Reis em Cuiabá

    Queniano é contido por invasor na Corrida de Reis em Cuiabá

O homem que invadiu a Corrida de Reis em Cuiabá, na manhã de domingo (6), e tentou parar o queniano Edwin Kipsang Rotich agarrando-o, disse em depoimento à polícia que fez isso pois "queria chamar a atenção da família". O atleta, vencedor da São Silvestre de 2012, estava no quilômetro final da corrida de 10 mil metros e tinha a liderança da prova, quando foi agarrado pelo espectador que invadiu o percurso. A história lembra o famoso caso das Olimpíadas de 2004, em que o brasileiro Vanderlei Cordeiro de Lima foi derrubado pelo padre irlandês Cornelius Horan enquanto liderava a Maratona.

Apesar disso e diferentemente de Cordeiro, que terminou em terceiro lugar em 2004, o queniano conseguiu se soltar do agressor com a ajuda de batedores da PM, que faziam a segurança dos corredores com motocicletas, e foi o vencedor da prova.

Briga em família

De acordo com a polícia, Wallace de Sousa Nogueira, 33 anos, explicou que recentemente havia brigado com a irmã e o pai, e que teve a ideia de invadir a prova pois seria o "único jeito" de chamar a atenção da família para ele. Nogueira contou na delegacia que a ação foi planejada há cerca de dois dias, inspirado no caso do padre irlandês com Cordeiro.

Após ser detido pela PM e levado para o Cisc (Centro Integrado de Segurança e Cidadania), ele assinou um Termo Circunstanciado por Perturbação do Trabalho e Conduta Inconveniente. Após o depoimento, Nogueira foi liberado e responderá em liberdade. Inicialmente, a PM havia informado que ele tinha problemas mentais e estava interditado judicialmente, além de já ter passagem pela polícia por tentativa de homicídio. Na delegacia, porém, foi feita uma pesquisa da ficha do suspeito e estas informações não foram confirmadas.

As imagens da TV Globo, que transmitia a prova, mostraram o invasor comemorando o fato de ter conseguido agarrar o queniano. A ação foi rápida e durou cerca de 10 segundos.

VEJA A SEQUÊNCIA DA INVASÃO

Veja também



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos