Topo

Esporte


Após queda, campeã olímpica revela ter pensado em precisar amputar a mão

Alessandro Di Meo/AP
Imagem: Alessandro Di Meo/AP

Do UOL, em São Paulo

2015-06-15T11:49:22

15/06/2015 11h49

A australiana Sally Pearson, campeã olímpica e mundial nos 100m com barreiras, levou um enorme susto depois de sofrer um acidente na final de sua prova na etapa de Roma da Liga Diamante. Ela tropeçou em uma das barreiras e caiu feio, tendo um deslocamento ósseo no punho esquerdo.

“Foi terrível ver minha mão no lugar errado. Achei que teria que amputar”, disse à BBC a australiana de 28 anos.  Pearson já passou por uma operação, mas terá que voltar à mesa de cirurgia e por isso vai perder o Mundial de Pequim, em agosto.

Medalhista de ouro nos Jogos de Londres, em 2012, Pearson tropeçou na quinta barreira (de um total de 10) durante a prova, em Roma. Ela não terá a possibilidade de buscar seu segundo título mundial (foi campeã em 2011).

“É uma coisa que me deixa muito desapontada, mas será muito bom para me fortalecer mentalmente pensando nas Olimpíadas do próximo ano”, comentou a atleta.

“Nunca quebrei um osso e nunca precisei passar por uma cirurgia. Acontecer tudo isso comigo e ainda mais em um país estrangeiro foi bastante traumático”, revelou a australiana. “Por outro lado, tive sorte por não ter machucado o tornozelo, que seria algo muito mais grave”, finalizou Pearson.

Mais Esporte