Topo

Esporte


COI diz que praticará 'tolerância zero' em escândalo de doping no atletismo

Do UOL, em São Paulo

2015-08-04T15:17:25

04/08/2015 15h17

Thomas Bach, presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), disse que não terá tolerância caso atletas vencedores de medalhas nos Jogos Olímpicos estejam relacionados ao escândalo de doping envolvendo a Federação Internacional de Atletismo (IAAF).

“Se também os Jogos Olímpicos forem afetados, o COI irá agir com tolerância zero", disse o presidente, durante um evento do COI em Kuala Lumpur.

Nesta terça-feira, a IAAF emitiu um comunicado em que considerou as reportagens acusando o escândalo de “sensacionalistas”.

“A IAAF leva muito a sério as alegações publicadas pelo Sunday Times e pela ARD e as investigou a fundo. As alegações publicadas foram sensacionalistas e confusas; os resultados referidos não foram testes positivos. Na verdade, tanto a ARD quanto o Sunday Times admitem que sua avaliação dos dados não comprovou doping”, disse a entidade.

O escândalo foi denunciado no fim de semana pela emissora alemã ARD e o jornal britânico Sunday Times. Segundo as reportagens, 146 medalhistas, incluindo 55 de ouro, teriam sido flagrados no exame antidoping, mas os casos foram encobertos pela IAAF.

A reportagem foi baseada em 12 mil amostras de sangue de 5 mil atletas que os dois veículos tiveram acesso.

Mais Esporte