Suspeitos de participar na morte da filha de Tyson Gay são presos nos EUA

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução/Facebook

Três homens foram detidos até esta segunda-feira (17) pela polícia da cidade americana Lexington sob suspeitas de envolvimento na morte de Trinity Gay, filha do velocista Tyson Gay.

Cazerae Taylor e Taylor D'Markeo foram presos nesta segunda e se juntaram a Dvonta Middlebrooks, detido no domingo por posse irregular de armas de fogo e colocar outras pessoas em risco. Outro indivíduo foi interrogado pela polícia sobre o caso.

Trinity, 15 anos, foi morta por uma bala perdida ao se encontrar no meio de um tiroteio no estacionamento de um restaurante na madrugada de domingo. Ela foi levada para um hospital na Universidade de Kentucky com uma bala no pescoço, mas não resistiu.

Veja também



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos