Agente é investigado por participação de russos em maratonas nos EUA

Do UOL, em São Paulo

  • Lucas Jackson/Reuters

    Andrey Baranov é acusado de facilitar a participação de fundistas envolvidos em casos de doping em maratonas nos Estados Unidos

    Andrey Baranov é acusado de facilitar a participação de fundistas envolvidos em casos de doping em maratonas nos Estados Unidos

A Maratona de Nova York sofreu um duro golpe a poucos dias de sua edição 2016, neste domingo (6). O motivo: uma investigação a respeito de um empresário esportivo russo que mora na cidade da prova.

Segundo o jornal The New York Times, o empresário Andrey Baranov encabeça uma trama com organizadores norte-americanos para permitir que atletas afastados por uso de doping corressem provas nos Estados Unidos. O esquema incluiria a organização de maratonas em cidades como Nova York e Los Angeles.

Na manhã desta quinta-feira, o agente falou à imprensa e negou com veemência qualquer participação em esquemas fraudulentos de competições, incluindo inscrições de atletas vetados e pagamento de propinas a organizadores.

A organização da prova nova-iorquina, por sua vez, declarou não ter conhecimento de atividades proibidas entre seus realizadores, e descartou ainda negociações com Baranov.

A investigação em provas de fundo de atletismo faz parte de um inquérito federal do Departamento de Justiça dos EUA que já puniu atletas e dirigentes russos. Ainda de acordo com o New York Times, as autoridades investigam suspeitas de lavagem de dinheiro referentes a "vários anos" e envolvendo organizadores de algumas das mais tradicionais maratonas no país.

Em maio, Grigory Rodchenkov – ex-chefe da autoridade antidoping da Rússia – admitiu ao jornal que o governo russo mantinha um "elaborado plano" para ajudar atletas do país a utilizar substâncias proibidas sem que fosse detectadas em exames. Desde 2015, Rodchenkov colabora com as investigações, que incluem atletas empresariados por Baranov.

Ainda segundo a organização da Maratona de Nova York, nenhum atleta russo está inscrito para a prova deste domingo, seguindo diretrizes internacionais que proíbem a participação de atletas do país em disputas de atletismo.



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos