Atleta paraolímpica urina nas calças por falta de banheiro adaptado em trem

Do UOL, em São Paulo

  • Tim Whitby/Getty Images

    Anne Wafula Strike competiu pelo Quênia nos Jogos de Atenas-2004

    Anne Wafula Strike competiu pelo Quênia nos Jogos de Atenas-2004

A atleta paraolímpica britânica Anne Wafula Strike afirmou em entrevista à BBC que foi forçada a urinar nas próprias calças durante uma viagem de trem na Inglaterra, já que o veículo não possuía um banheiro adaptado em funcionamento.

Segundo Anne - que competiu na corrida em cadeira de rodas pelo Quênia nos Jogos de Atenas-2004 antes de se naturalizar britânica -, o banheiro estava em reformas e ela não foi informada do fato antes de embarcar.

"Me senti muito vulnerável, exposta, humilhada. Senti que estava nesse grande mundo em que ninguém percebia que eu existia. Eu precisava usar um banheiro. Estamos falando de uma necessidade básica, de um direito básico", disse ela.

O trem pertence à companhia CrossCountry e estava fazendo uma viagem entre as cidades de Nuneaton e Stansted. Anne contou que a condutora do trem tentou ajudá-la parando em uma estação para que ela pudesse usar o banheiro, mas não havia ninguém na estação para ajudá-la. Antes de chegar à estação seguinte, ela não conseguiu mais esperar.

"Quando aconteceu, eu não conseguia me olhar no espelho, porque estava tão envergonhada. Mas conheço muitas outras pessoas com deficiência passando por situações difíceis, então decidi falar. Quando coisas ruins acontecem, você precisa ter uma voz, precisa falar, porque quando aquilo aconteceu no trem, eu não tinha uma voz. Ela foi tirada de mim", declarou.



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos