Jamaicano recorre à desqualificação no revezamento de Pequim-2008 no TAS

Do UOL, em São Paulo

  • REUTERS/Kai Pfaffenbach/File Photo

    Nesta Carter (esq.) foi pego em antidoping

    Nesta Carter (esq.) foi pego em antidoping

O velocista jamaicano Nesta Carter entrou nesta quinta-feira (16) com uma ação no Tribunal Arbitral do Esporte (TAS) contra sua desqualificação no revezamento 4x100 m nos Jogos Olímpicos de Pequim, em 2008. Flagrado em uma nova análise de antidoping, Carter e seus companheiros Michael Frater, Asafa Powell e Usain Bolt tiveram a medalha de ouro conquistada na prova retirada.

O quarteto devolveu o prêmio pela vitória na prova ao Comitê Olímpico Internacional (COI), o que resultou na perda de Bolt do chamado "triplo-triplo" do atletismo. O atual tricampeão olímpico dos 100 m e 200 m teve seu outro tricampeonato, no revezamento, apagado por conta da infração do colega de time.

Carter foi flagrado com a substância Metilhexanamina na reanálise das amostras de urina coletadas em Pequim, o que causou a desclassificação tardia dos jamaicanos, que haviam registrado o tempo de 37s10, recorde mundial.

Quarto colocado na prova, o Brasil deve herdar a medalha de bronze, porém o COI não especificou uma data de quando isso pode ocorrer. A equipe brasileira na época foi formada por Vicente Lenílson, Sandro Viana, Bruno Lins e José Carlos Moreira, terminando a prova em 38s24.

"A realocação das medalhas não é automática e é feito caso a caso. Como regra geral entretanto, ela é feita quando os atletas ou equipes sancionadas têm esgotados todos os meios de apelação e os procedimentos são fechados. O COI segue a situação com os Comitês Olímpicos Nacionais, que então notificam os atletas para os quais as medalhas serão realocadas", informou o COI após consulta feita pelo UOL Esporte no último dia 25 de janeiro.

O advogado de Carter, Stuart Stimpson, confirmou que o recurso já foi apresentado dentro do prazo legal, uma vez descartada a opção de um recurso conjunto de toda a equipe de revezamento.

Carter também fez parte do revezamento jamaicano 4x100 em Londres 2012, mas uma nova análise das amostras apresentou resultado negativo.

Com informações da agência EFE

Veja também



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos