Topo

Esporte


Maurren tem leishmaniose confirmada, mas nega arrependimento por reality

Karla Torralba

Do UOL, em São Paulo

03/01/2018 12h33

O começo de 2018 de Maurren Maggi é de recuperação. A campeã olímpica do salto em distância em Pequim-2008 teve o diagnóstico de leishmaniose confirmado e já começou o tratamento.

Maurren pegou a doença durante sua participação no reality show Exathlon, da TV Bandeirantes, que acabou no mês de dezembro. A campeã olímpica está com a filha Sophia descansando e recebendo apoio de amigos em um resort. Ela também publicou um novo vídeo nesta quarta (03) mostrando o curativo. 

A campeã olímpica explicou como está sendo o processo de recuperação da doença. “Eu não sabia que ia dar a repercussão por conta da leishmaniose. A gente não sabe ainda como é. Eu ainda estou com dor na perna, tomando um antibiótico forte, semana que vem farei mais um monte de exames e também vou fazer biópsia. Agora estou descansando”, comentou Maurren.

No vídeo divulgado por ela nas redes sociais, Maurren havia exaltado a dor que sentiu. “Muita dor gente, chorei de tanta dor”, escreveu.

A biópsia é para determinar o tipo de leishmaniose que Maurren tem. Há três tipos da doença, que é causada por parasitas e transmitida por pequenos insetos: cutânea, mucocutânea ou visceral. Entre os diversos sintomas estão febre, úlceras na pele e diarreia. 

Maurren Maggi ressaltou que gostou muito de participar do programa e que depois de se recuperar quer contar aos fãs as histórias que passou por lá. “Eu não me arrependo, eu só quero ficar curada e começar a contar o que aconteceu por lá. Estou só esperando sarar para poder conversar”, disse.

Mais Esporte