Topo

Esporte


Competição coloca prêmio inusitado para quem bater recorde: uma ilha

Reprodução
Ilha está localizada no arquipélago de Turku, no sul da Finlândia Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo (SP)

2018-03-06T13:53:20

06/03/2018 13h53

Bater um recorde surge como o objetivo para qualquer atleta de esporte individual. Reconhecimento, fama e dinheiro automaticamente são prêmios que entram na rotina de quem supera marcas históricas. No entanto, uma nova honraria aparece como alternativa na Finlândia. Os Jogos Paavo Nurmi vão dar uma ilha de presente para o novo recordista no arremesso de dardo.

A competição na Finlândia inovou no incentivo aos atletas. Para conquistar a ilha localizada no arquipélago de Turku, porém, não é fácil. O recorde posto à prova é o nacional, em que Aki Parviainen há 19 anos atingiu a marca de 93,09m. O prêmio já anima até atletas estrangeiros, que vão até a Escandinávia para tentar o prêmio inédito.

“É realmente verdade? Uma ilha? Que loucura. Claro que vou tentar ganhar esta ilha”, comentou ao site da IAAF (Associação Internacional das Federações de Atletismo) o alemão Johannes Vetter, atual campeão mundial e já um dos favoritos a tentar quebrar a marca de quase duas décadas.

Vetter tem a melhor marca do ano com 91,22m. O alemão também liderou o ranking no ano passado ao ultrapassar os 94m, distância suficiente para conquistar a ilha na competição finlandesa.

Também alemão, Thomas Rohler é outro competidor de fora a tentar conquistar a ilha. “Espero que a ilha seja grande o suficiente para caber uma sauna. Obviamente isso me motiva ainda mais para competir em Turku”, brincou o campeão olímpico no Rio de Janeiro.

O arquipélago de Turku possui mais de 20 mil ilhas e está localizado na região sul da Finlândia.

Mais Esporte