Topo

Basquete

Fiba revoga suspensão da Confederação Brasileira de Basquete após 19 meses

Do UOL, em São Paulo

18/06/2018 11h22

A Federação Internacional de Basquete decidiu revogar nesta segunda-feira a suspensão da Confederação Brasileira de Basquete. A decisão ocorreu 19 meses depois de a entidade máxima da modalidade alegar "falta de controle total do basquete brasileiro".

Em texto divulgado em seu site oficial nesta segunda, a Fiba reconheceu "os passos positivos dados pela nova administração da CBB". Por isso, decidiu colocar fim à suspensão. 

O Comitê Executivo da Fiba também entendeu que a entidade deve prestar assistência à CBB em relação às principais áreas de atividade, cujas melhorias são necessárias.

"Mostramos à FIBA que seguimos firmes em nossas propostas e dentro de todas as conformidades. Só temos a comemorar o momento e renovar nossas forças para que a CBB implemente as melhores práticas de governança e possa se tornar uma confederação  modelo para todas as Américas.  Agora é seguir em frente para fazer com que o basquete brasileiro reassuma sua posição de destaque nos cenários nacional e internacional", disse o presidente da CBB, Guy Peixoto, que esteve em Mies, na Suíça, na semana passada ao lado do secretário geral da entidade, Carlos Fontenelle.

A entidade máxima do basquete mundial suspendeu a CBB no dia 14 de novembro de 2016 pelo não-cumprimento "das suas obrigações como federação nacional de acordo com os estatutos gerais da Fiba", que denunciou uma "falta de controle total" e exigiu a sua "reestruturação".

Em junho passado, a Fiba chegou a estipular um prazo de dois meses para as mudanças serem colocadas em práticas, a fim de encerrar a suspensão. Já naquela ocasião, a entidade reconheceu os esforços feitos, mas ressaltou que a reintegração ainda dependia do cumprimento de medidas estabelecidas entre as partes.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!