UOL Esporte Basquete
 
07/09/2010 - 07h35

Argentina confia que "cabeça" de Oberto vai superar má forma física

Murilo Garavello
Em Istambul (Turquia)

Uma infecção estomacal fez Fabrício Oberto perder quatro quilos. Ainda que tenha recuperado parte desse peso e treinado nos últimos quatro dias, o pivô de 35 anos que atua na NBA não deve estar em plena forma para o jogo contra o Brasil, nesta terça às 15h. Mesmo assim, o técnico Sérgio Hernández o vê como fundamental.

“Ele perdeu muito peso e ficou dias sem treinar. Seguramente isso vai afetar um pouco seu jogo. Mas confiamos em sua cabeça, sua mente e em sua capacidade de leitura do basquete para superar tudo isso. Ele vai ser muito importante para nós, principalmente na defesa”, disse Hernández logo depois do último treino argentino antes da partida.

Oberto disse que se sente bem para jogar hoje. E concordou com o treinador a respeito de sua importância. “Uma das chaves do jogo vai ser a disputa no garrafão. Splitter e Anderson, eu e Scola, vamos ver o que acontece”, afirmou.

Para Oberto, a superioridade argentina nos últimos 14 anos em competições importantes não entrará em quadra. “É um jogo novo. E o Brasil está mais disciplinado com Magnano e, portanto, será um rival mais perigoso”.

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host