UOL Esporte Basquete
 
17/02/2010 - 18h51

Site coloca técnico espanhol na seleção brasileira feminina; Hortência nega

Daniel Neves
Em São Paulo

As especulações sobre quem será o técnico da seleção brasileira feminina ganhou um novo capítulo nesta quarta-feira. De acordo com o conceituado site Eurobasket, o espanhol Carlos Colinas teria acertado com a Confederação Brasileira de Basquete (CBB) para substituir Paulo Bassul no comando da equipe verde-amarela.

Com passagens por diversas equipes espanholas, Colinas atualmente trabalhava como diretor do Celta de Vigo e ocupava o cargo de consultor na federação de seu país. O espanhol foi um dos técnicos que se reuniu com Hortência, diretora da seleção brasileira feminina, na passagem da dirigente pela Europa durante o sorteio dos grupos no Mundial.

Apesar de confirmar conversas com Colinas, Hortência nega que tenha havido acerto com algum técnico para o comando da seleção feminina. Em entrevista ao UOL Esporte, a dirigente disse que vários nomes ainda estão sendo analisados pela cúpula da CBB.

“Ninguém acertou com ninguém. Temos vários nomes em pauta, mas não tem nada certo”, disse Hortência, que evitou determinar um prazo para a definição do novo treinador. “Ainda não me encontrei com o Carlos Nunes [presidente da CBB] para falar sobre isso, pois ele estava nos Estados Unidos. Ainda vamos nos reunir para definir a melhor opção”.

Caso seja confirmada a negociação, Colinas terá a tarefa de dirigir a seleção brasileira no Mundial da República Tcheca, em setembro. O Brasil está no Grupo C, ao lado de Espanha, Coréia do Sul e Máli.

Colinas também será o quarto treinador espanhol que comandará uma seleção estrangeira. Domingo Diaz (Finlândia), Miguel Mendez (França) e Armando Otero (Suíça) também deixaram o país para dirigir outras equipes nacionais.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host