UOL Esporte Basquete
 
20/02/2010 - 19h01

Rafael Mineiro 'voa' e leva torneio de enterradas; Thiaguinho vence os 3 pontos

Jorge Corrêa*
Em Uberlândia (MG)
  • Rafael Mineiro, do São José, venceu o Torneio <br>de Enterradas do Jogo das Estrelas do NBB

    Rafael Mineiro, do São José, venceu o Torneio
    de Enterradas do Jogo das Estrelas do NBB

Dois representantes de equipes do estado de São Paulo dominaram a abertura do Jogo das Estrelas do NBB deste ano. Com um verdadeiro voo sobre dois companheiros, o pivô Rafael Mineiro, do campeão paulista São José, levou a disputa de enterradas. Já no torneio de três pontos, Thiaguinho, do Pinheiros, foi o campeão.

Além do troféu de campeão e da visibilidade, os dois vencedores das disputas ficaram com um cheque de R$ 4 mil, novidade para essa segunda edição do evento.

A disputa das enterradas, quando cada jogador teve duas oportunidades de 24 segundos, começou com Julio Toledo, do Palmeiras/Araraquara, não conseguindo acertar uma única cravada. Apesar de algumas repetições entre os concorrentes, o nível técnico dessa primeira fase foi melhor que o do ano passado.

Passaram para a semifinal, quando os jogadores teriam de usar um companheiro para enterrar, Jhonatan, do Araraquara, Jeffries, do Minas, Jamison Brewer, do Pinheiros, Roberto, do Saldanha da Gama, Rafael Mineiro, do São José, e McNeil, do Cetaf.

Com boa cravadas, foram para decisão Brewer, com 94 pontos na semifinal, Roberto, com 97 tentos, e Rafael Mineiro, com outros 98. Na decisão, eles teriam direito apenas a uma enterrada

Pulando seus companheiros Fúlvio e Matheuzinho de uma só vez, Rafael Mineiro ganhou cinco notas 10 e ficou com título do torneio de enterradas.

"Não estava muito empolgado para essa disputa, pois vinha de uma lesão", explicou Rafael, que contou com boa torcida por ser de Uberaba, a 110 km de Uberlândia. "Vi o Julio tentando pular um companheiro, resolvi tentar e consegui [na semifinal]. Na decisão, resolvi inovar, pulando dois, e consegui."

Disputa de três pontos

Na primeira rodada participou um representante de cada equipe e mais o campeão do último ano. Os seis que passaram para a semifinal foram o vencedor de 2009 Fischer, do Bauru, Guilherme Filipini, do Londrina, Luiz Felipe, do Minas, Jefferson, do Flamengo, Helinho, do Franca, e Thiaguinho, do Pinheiros.

A final tinha lugar para apenas duas pessoas e estavam lá Guilherme, que fez 21 pontos na semi, e Thiaguinho, se classificando com 22 tentos. Na decisão. Filipini não estava com a mão quente e fez apenas 13 pontos, deixando o título tranquilo para o jogador do Pinheiros, que anotou 18 tentos.

“O dinheiro do prêmio não me ajudou muito mentalmente. Só de estar aqui nesse show valia a pena me esforçar para vencer”, disse o armador Thiaguinho. “Agora, com certeza vou pedir mais bolas nos jogos para tentar meter de três. Vim para cá muito confiante”, explicou.

*O repórter viajou a convite da organização do evento

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host