UOL Esporte Basquete
 
REUTERS/Steve Dipaola

Jason Richardson vai para a bandeja na vitória dos Suns sobre os Blazers, fora

23/04/2010 - 06h51

Com 42 de Richardson, Suns viram a série contra o Portland e fazem 2 a 1

Do UOL Esporte
Em São Paulo

OS PLAYOFFS DA NBA

2 x 1
4º jogo: sábado
2 x 1
4º jogo: domingo
1 x 1
3º jogo: sexta
2 x 0
3º jogo: sábado
2 x 1
4º jogo: sábado
0 x 2
3º jogo: sábado
1 x 1
3º jogo: sexta
2 x 0
3º jogo: sexta

A força ofensiva do Phoenix Suns voltou a funcionar mais uma vez e o time já conseguiu a virada na primeira rodada dos playoffs da NBA. Contra o Portland Trail Blazers, fora de casa, a equipe fez 108 a 89 e chegou a 2 a 1 na série em melhor de sete partidas.

Jason Richardson foi o melhor do jogo, ficando como cestinha pelos seus 42 pontos. A quarta partida da série será no próximo sábado, às 17h30, mais uma vez na casa dos Blazers.

Apesar da vantagem mostrada pelo placar final, os Suns dominaram a partida ainda mais do que os números mostram. Os visitantes chegaram a ter uma vantagem de 66 a 37 no intervalo, e ampliaram para 31 pontos a liderança no terceiro quarto, antes de uma reação sem sucesso dos rivais.

“Parecia que estávamos colocando pressão em nós mesmos. Foi como no segundo jogo da série”, lamentou o técnico do Portland, Nate McMillan, que agora chega a duas derrotas seguidas.

MAIS DA RODADA DOS PLAYOFFS

Thunder 101 x 96 Lakers
Kevin Durant venceu o duelo com Kobe Bryant na primeira vitória do Thunder em playoffs

Depois dos 29 pontos na partida número 2, Jason Richardson foi ainda melhor desta vez. Além de seus 42 pontos, totalizou oito rebotes e duas assistências, com três roubos de bola.

“Este foi meu melhor jogo como profissional”, comemorou Richardson. “Agora, sabemos que o quarto jogo será duro. O time deles está com as costas na parede e nós temos a noção de que os Blazers são uma equipe muito boa.”

Ainda pelos Suns, Amare Stoudemire teve 20 pontos e Steve Nash, 13, com dez assistências. Leandrinho jogou quase 11 minutos, contribuindo com seis pontos e duas assistências para os visitantes.

No Portland, nenhum jogador teve grande destaque. O cestinha da equipe foi Lamarcus Aldridge, com apenas 17 pontos, o que foi pouco para frear o jogo ofensivo do Phoenix.
 

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host