UOL Esporte Basquete
 
15/05/2010 - 07h00

Top 5 - Veja os astros que, como LeBron, nunca foram campeões da NBA

Do UOL Esporte
Em São Paulo

LeBron James vem sendo criticado por ser um ótimo jogador em temporada regular - foi MVP neste campeonato -, mas decepcionar na hora de decidir. Com isso, o estigma de ser um astro da NBA que nunca levantaou a taça cresce. Nesta quinta-feira, o líder do Cleveland Cavaliers falhou mais uma vez e viu outra eliminação, independentemente de sua qualidade ser inquestionável.

LeBron não é o único que, apesar de encher os olhos dos torcedores, nunca sentiu o gostinho de levantar a taça da liga norte-americana. Elgin Baylor por exemplo, chegou a oito finais e nunca faturou o tradicional anel de campeão. Confira abaixo algumas das estrelas que deixaram as quadras sem o título, levando-se em conta, é claro, que LeBron só tem 25 anos e possui uma carreira toda pela frente para fugir desta lista.

MAIS: JORNAIS LOCAIS CRITICAM FALTA DE FOCO E LIDERANÇA DE LEBRON

ELGIN BAYLOR (e) - LAKERS

Se um astro da NBA pode representar o fracasso em conseguir o anel de campeão da liga, ele é Elgin Baylor, que atuou entre 1958 e 1971, e integra o Hall da Fama do basquete. Ele foi ala dos Lakers quando a franquia ainda era de Minneapolis e em seguida se mudou para Los Angeles. Com o time, liderou campanhas para nada menos que oito finais. No entanto, em nenhuma delas saiu como vencedor. A maior ironia é que na sua aposentadoria, por lesão, os Lakers voltaram a vencer, em 1972.
STOCKTON/MALONE - UTAH JAZZ

Karl Malone e John Stockton formaram uma das duplas mais famosas da NBA. O ala e o armador defenderam o Utah Jazz juntos de 1985 a 2003 e tiveram o auge na metade final dos anos 1990, quando conquistaram dois títulos do Oeste. No entanto, o "duo" tinha outra parceria a enfrentar, num bom exemplo de hora errada e lugar errado: contra Michael Jordan e Scottie Pippen, viram o Chicago Bulls faturar o título nas duas oportunidades mas, mesmo sem a taça, se consagraram na história da liga.
PATRICK EWING - N.Y. KNICKS

Uma figura das mais carismáticas da NBA, Patrick Ewing ficou famoso nos Knicks e, como Malone e Stockton, bateu na trave 2 vezes, curiosamente em anos em que Jordan não estava na jogada. O pivô de 2,13 m fez sua primeira final em 1994, mas foi parado pelo Houston Rockets, de Olajuwon. Em 1999, ficou diante do San Antonio Spurs e também não teve sorte, ao encarar as "Torres Gêmeas" Tim Duncan e David Robinson. Atualmente, Ewing é assistente técnico do Magic.
CHARLES BARKLEY - PHOENIX SUNS

"Sir" Charles Barkley foi mais um que tentou parar Jordan. E mais um que não conseguiu. O ala atuou pelos 76ers, Rockets e Phoenix Suns, sendo que este último é que o deixou mais próximo da taça. Conhecido pela sua raça, ele venceu a altura considerada baixa para a posição (1,98 m) mostrando garra e um estilo vigoroso. Em 1993, levou os Suns à final, mas não foi páreo para os Bulls, perdendo o título em seis partidas. Barkley foi eleito um dos 50 melhores jogadores da história da NBA.
A. IVERSON - PHILADELPHIA 76ERS

Baixinho, mas um dos cestinhas mais expressivos da NBA, Iverson entra na geração em que foram os Lakers que passaram a faturar. Escolha número 1 do draft de 1996, foi novato do ano e chegou a 11 All-Star Games, famoso por suas atuações no Philadelphia 76ers. O armador de 1,83 m chegou a uma final em sua carreira, em 2001, quando foi MVP. Na hora da decisão, acabou valendo mais o elenco estrelado de Phil Jackson nos Lakers, liderado por O'Neal e Bryant na série encerrada em 4 a 1.
MENÇÕES HONROSAS

Outras estrelas marcaram suas carreiras por excelentes atuações mas "zero" títulos. Entre eles Dominique Wilkins, rei das enterradas do Atlanta Hawks, que teve o azar de atuar nas eras de Larry Bird, Magic Johnson e Jordan, sem nunca ir a uma final. Conhecido por suas cestas de três, Reggie Miller jogou pelo Indiana Pacers e na final de 2000 caiu diante dos Lakers. George Gervin, Pete Maravich e o próprio LeBron estão na lista, sendo que o último ainda tem muito tempo para tentar se livrar deste mau estigma.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host