UOL Esporte Basquete
 
Reuters/Lucy Nicholson

Ron Artest foi o herói da dramática vitória dos Lakers ao marcar no segundo final

28/05/2010 - 00h51

Artest marca no estouro do cronômetro, Lakers vencem e ficam perto da decisão

Do UOL Esporte
Em São Paulo

LAKERS VENCEM COM CESTA NO FIM

  • Reuters

    Jason Richardson acertou cesta de três pontos no fim e quase levou o confronto para a prorrogação

  • AFP

    Ron Artest foi abraçado pelos companheiros após marcar a cesta da vitória no estouro do cronômetro

O Los Angeles Lakers ficou bem próximo de mais uma decisão da NBA. Com uma cesta de Ron Artest no estouro do cronômetro, a equipe da Califórnia derrotou o Phoenix Suns por 103 a 101, nesta quinta-feira, em Los Angeles, chegou a sua oitava vitória consecutiva como mandante e abriu 3 a 2 na série melhor de sete jogos das finais da Conferência Oeste.

Depois de abrir 13 pontos de vantagem, os Lakers novamente sofreram com a marcação dos Suns e viram a vitória ficar ameaçada no fim do último quarto. A sorte, porém, ajudou os donos da casa, que viram Ron Artest interceptar um arremesso errado de Kobe Bryant e fazer a cesta da vitória no segundo final.

Os Suns surpreenderam os donos da casa no início da partida com uma forte marcação, principalmente sobre o garrafão adversário. Mostrando muita vontade, o time de Phoenix abriu sete pontos de vantagem no início do primeiro quarto. Os Lakers, porém, passaram a utilizar as jogadas de infiltração com Derek Fisher, reagiram na partida e terminaram o período três pontos à frente.

A recuperação dos Lakers abalou os Suns, que tiveram muita dificuldade para parar o ataque adversário no início do segundo quarto. Aproveitando o momento ruim do rival, o time de Los Angeles marcou 10 pontos seguidos e abriu 13 de vantagem. No fim do período, os visitantes contaram com os erros do adversário para diminuir o prejuízo e ir para o intervalo oito pontos atrás.

O terceiro quarto foi marcado por oscilações das duas equipes. Com uma forte marcação sobre Amare Stoudemire, os Lakers complicaram as jogadas de garrafão do adversário e ampliaram sua vantagem para 14 pontos. Mas os donos da casa novamente erraram muito no fim do período e deram liberdade para os jogadores de perímetro dos Suns, que diminuíram a diferença para apenas seis pontos.

A reação animou os Suns, que equilibraram o confronto no período final. Kobe Bryant, pelos Lakers, e Steve Nash, pelo time de Phoenix, chamaram a responsabilidade e finalizaram quase todos os arremessos do último quarto, que chegou a seu minuto final com vantagem de apenas três pontos para os donos da casa.

Após um erro ofensivo de Gasol, a posse de bola voltou para os Suns, que pediram tempo para armar a jogada. Em uma pane defensiva dos Lakers, os visitantes apareceram livres para o chute de três e, na terceira tentativa, Jason Richardson acertou o arremesso a 3s do fim para empatar o confronto.

Quando o jogo parecia encaminhado para a prorrogação, brilhou a estrela dos Lakers. Kobe Bryant recebeu na linha dos três pontos e, desequilibrado, arremessou mal. A bola sequer chegaria na cesta, mas Ron Artest apareceu  no meio do caminho e, aproveitando a bobeira da defesa dos Suns, converteu a bandeja no estouro do cronômetro para dar a vitória ao time de Los Angeles.

Herói da partida, Artest teve discreta atuação ofensiva, com apenas quatro pontos. O ala, porém, fez boa partida defensiva com três roubadas de bola e um toco. Quem liderou o ataque dos Lakers foi novamente Kobe Bryant, que passou perto de um triple-double ao obter 30 pontos, 11 rebotes e nove assistências. Derek Fisher fez 22 pontos e também teve bom desempenho.

O armador Steve Nash comandou os Suns em quadra com 29 pontos e 11 assistências. Já o ala-pivô Amare Stoudemire contribuiu com 19 pontos. Após marcar 54 no jogo anterior, o banco de reservas dos Suns fez uma partida de altos e baixos, terminando com 31 pontos. O destaque foi o pivô Channing Frye, com 14.

Agora a série volta para Phoenix, onde os Lakers terão a primeira chance de fechar o confronto. As duas equipes voltam a se enfrentar no próximo sábado, às 21h30 (horário de Brasília).

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host