UOL Esporte Basquete
 
30/05/2010 - 17h22

Após confusão generalizada, Marcelinho cobra providências da LNB

Do UOL Esporte
Em São Paulo

O duelo entre Flamengo e Brasília neste domingo - o terceiro da série melhor de cinco das finais da NBB 2009/10 - ficou marcado não só pela emocionante vitória do time candango por 85 a 84, mas também pela confusão generalizada após a partida.

Depois do final do jogo, a desorganização e a violência tomaram conta do ginásio Nilson Nelson, que recebeu mais de 14 mil pessoas na cidade de Brasília. Entre os incidentes, torcedores machucados, o pivô Wágner ferido por uma lata de cerveja e até o desmaio de André Guimarães, supervisor rubro-nego.

André ficou desacordado após inalar spray de pimenta lançado por alguns policiais no túnel de saída do ginásio. Marcelinho Machado, capitão do Flamengo, ficou revoltado com os acontecimentos e pediu providências da organização do torneio.

“É hora da Liga sair de cima do muro e tomar uma atitude. O que aconteceu aqui em Brasília foi um absurdo. Não pode, depois de um jogo nervoso e tenso como esse, em plena decisão, a imagem final ser essa. De uma invasão de quadra, de latinhas voando, correria e pancadaria. Onde nós vamos parar? É assim que queremos fazer o basquete voltar a crescer, voltar a ser forte? Tem gente confundindo rivalidade com guerra”, criticou.

“É hora de fazer alguma coisa, não dá para simplesmente ignorar, fingir que nada aconteceu, esperar o campeonato acabar e esquecer. Isso é algo que vem acontecendo há muito tempo dentro do Brasil, é essa a imagem que estamos passando para o mundo todo, para patrocinadores, para os jovens e crianças. Os culpados precisam ser punidos”, completou Marcelinho.

O quarto jogo da final acontece na HSBC Arena, no Rio de Janeiro, na próxima quinta-feira. Uma vitória do Brasília dá o título ao time candango, enquanto uma vitória dos cariocas força a quinta partida.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host