UOL Esporte Basquete
 
02/06/2010 - 07h04

Posição por posição, confira os duelos entre Celtics e Lakers nas finais da NBA

Do UOL Esporte
Em São Paulo

Los Angeles Lakers e Boston Celtics se reencontram mais uma vez para decidir uma final de NBA. A última vez que isso aconteceu foi em 2008, e a equipe de Massachusetts saiu vencedora. Os Lakers, contudo, são os atuais campeões da Liga. Confira os duelos em cada uma das posições de ambas as equipes.
 

RAJON RONDO x DEREK FISHER

Diferente do título de 2008, este ano Rajon Rondo exerce um papel de destaque na equipe dos Celtics. Em sua quarta temporada na Liga, o armador pode ser apontado como o melhor jogador da equipe nos playoffs. Sua principal desvantagem contra Derek Fisher, porém, é justamente a experiência. Em 13 anos na Liga, o armador dos Lakers jogará sua sétima final de NBA e já coleciona quatro anéis de campeão.
RAY ALLEN x KOBE BRYANT

Ray Allen é um jogador experiente, tem um dos melhores arremessos da NBA e acertou bolas decisivas ao longo dos playoffs deste ano. Mas por mais preciso e talentoso que seja o ala dos Celtics, ele não é capaz de fazer frente a Kobe Bryant. Sério candidato a MVP das finais, o astro dos Lakers chega à decisão embalado por uma ótima série contra os Suns, onde alcançou médias de 33,7 pontos, 7,2 rebotes e 8,3 assistências por jogo, além de um aproveitamento de 52,1% nos arremessos.
PAUL PIERCE x RON ARTEST

Principal aquisição dos Lakers para a temporada, Ron Artest terá a chance de provar sua real importância na equipe nestas finais, onde terá a missão de parar Paul Pierce. O ala dos Celtics foi o pesadelo de Phil Jackson na decisão de 2008, quando conquistou o título da NBA e, de brinde, foi eleito MVP das finais. Caso consiga, de fato, segurar Pierce, os fãs terão que perdoá-lo por todos os arremessos precipitados e ataques fora de controle. Até lá, Artest segue causando calafrios nos torcedores de Los Angeles.
KEVIN GARNETT x PAU GASOL

Em 2008, Garnett levou a melhor no duelo pessoal contra Gasol, mas nestes playoffs, o espanhol parece melhor e mais forte que o rival. Os números comprovam a evolução do atleta dos Lakers, que tem médias de 20 pontos e 10,9 rebotes por jogo contra 15 pontos e 8,2 rebotes de Garnett. Em quadra, o perfil equilibrado do espanhol se opõe à atitude explosiva e falastrona do ala-pivô dos Celtics. O contraste das duas personalidades é mais um atrativo para este que deve ser um dos melhores duelos das finais de 2010.
KENDRICK PERKINS x ANDREW BYNUM

Andrew Bynum chega às finais da NBA baleado por problemas no joelho que prejudicaram sua atuação ao longo dos playoffs. O pivô dos Celtics, por outro lado, deve encarar este duelo com certo alívio, depois de dividir o garrafão com Dwight Howard por seis longos jogos. A favor dos Lakers neste duelo está apenas o temperamento desequilibrado de Perkins. O pivô dos Celtics não pode receber uma única falta técnica ou será suspenso automaticamente por um jogo.
RASHEED WALLACE x LAMAR ODOM

Os dois jogadores são os principais reservas de Lakers e Celtics. Velho e recordista em faltas técnicas na história da NBA, Rasheed teve contestada sua chegada a Boston. Na série contra o Magic, contudo, o veterano mostrou serviço e foi fundamental na marcação de Dwight Howard. Lamar Odom, por sua vez, tem sido o diferencial dos Lakers nos playoffs. O ala tem entrado bem nos jogos, contribuindo com pontos e com uma presença forte dentro do garrafão. No primeiro jogo contra os Suns, por exemplo, saiu do banco para fazer 19 pontos e pegar 19 rebotes.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host