UOL Esporte Basquete
 
AFP

Kobe Bryant foi o cestinha da partida e comandou a vitória dos Lakers sobre os Celtics

04/06/2010 - 00h54

Lakers mostram 'força caseira', brilham na defesa e abrem 1 a 0 sobre os Celtics

Do UOL Esporte
Em São Paulo

LAKERS ABREM 1 A 0 NAS FINAIS DA NBA

  • Reuters

    Celtics, de Paul Pierce (foto), pararam na marcação dos Lakers e perderam o primeiro jogo das finais

  • Reuters

    Derek Fisher e Pau Gasol tiveram importante papel defensivo na vitória dos Lakers em Los Angeles

O Los Angeles Lakers saiu na frente na briga pelo título da temporada 2009/10 da NBA. Com uma grande apresentação defensiva, o time da Califórnia venceu o Boston Celtics por 102 a 89, nesta quinta-feira, no Staples Center, em Los Angeles, abriu 1 a 0 na série melhor de sete jogos das finais e mostrou sua força como mandante.

Com o resultado desta quinta-feira, os Lakers mantiveram 100% de aproveitamento como mandantes nos playoffs da atual temporada. A equipe de Los Angeles venceu todos os nove jogos que disputou no Staples Center na pós-temporada.

Após uma série extremamente ofensiva diante do Phoenix Suns, os Lakers mostraram que também sabem jogar muito bem defensivamente. A equipe californiana conseguiu enfrentar de igual para igual a forte marcação dos Celtics – conhecidos por sua forte defesa – e ainda contou com um bom aproveitamento ofensivo de seus principais jogadores para sair com a vitória.

O ala-armador Kobe Bryant comandou os Lakers ofensivamente e terminou como o cestinha da partida com 30 pontos. O ala-pivô Pau Gasol apareceu bem no ataque com 23 pontos e cumpriu seu papel defensivo com 14 rebotes e três tocos. Pelo lado dos Celtics, o destaque foi Paul Pierce com 24 pontos. O ala, porém, brilhou apenas no fim do último quarto, quando a partida já estava praticamente decidida.

As duas equipes iniciaram a partida com o objetivo de anular o ataque adversário. Lakers e Celtics apresentaram uma grande intensidade defensiva, com os principais jogadores de ambos os lados muito bem marcados. Como consequência, o quarto inicial foi marcado por muitas faltas e terminou com os principais jogadores dos dois times no banco de reservas por causa do excesso de infrações.

Mesmo com Kobe Bryant fora de quadra, os Lakers iniciaram melhores o segundo quarto. Shannon Brown e Jordan Farmar deram conta do recado e ajudaram a equipe a abrir vantagem no placar. Com o retorno do astro e uma grande apresentação defensiva de Pau Gasol, que obteve três tocos no período, os donos da casa chegaram a abrir 11 pontos de diferença. Uma cesta de Rajon Rondo no estouro do cronômetro diminuiu o prejuízo dos Celtics para nove pontos antes do intervalo.

A consistência defensiva dos Lakers seguiu fazendo a diferença no terceiro quarto. Novamente a marcação do time de Los Angeles provocou um baixo aproveitamento nos arremessos do adversário e deu o suporte necessário para que o ataque brilhasse. Kobe Bryant e Pau Gasol comandaram ofensivamente os donos da casa e ajudaram a elevar a vantagem para 20 pontos.

Os Celtics voltaram melhores para o último quarto e chegaram a esboçar uma reação, diminuindo a diferença para 12 pontos em apenas três minutos. Os Lakers, porém, souberam administrar a vantagem conquistada e, comandados por Kobe, não tiveram sua vitória ameaçada até o final. 

A série decisiva da NBA terá mais uma partida em Los Angeles, antes de três jogos consecutivos em Boston. O segundo confronto entre Lakers e Celtics está marcado para o próximo domingo, às 21h (horário de Brasília), no Staples Center.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host