UOL Esporte Basquete
 
Reuters

Glen Davis comemora após cesta na vitória dos Celtics contra os Lakers

11/06/2010 - 00h46

Coadjuvante brilha, Celtics derrotam os Lakers no jogo 4 e empatam final

Do UOL Esporte
Em São Paulo

O Boston Celtics mostrou nesta quinta-feira que seu banco é capaz de resolver o jogo quando o trio Ray Allen, Paul Pierce e Kevin Garnett não está arrasador. Liderada por Glen Davis no segundo tempo, a equipe de Massachusetts derrotou o Los Angeles Lakers em casa por 96 a 89 e venceu o quarto jogo da série melhor de sete da final da NBA, empatando a disputa em 2 a 2 em partida marcada pelo excesso de faltas e lances bruscos.

CELTICS EMPATAM SÉRIE COM OS LAKERS

  • Cestinha da partida, Kobe Bryant não foi capaz de conter a boa partida de Glen Davis e Paul Pierce

  • Jogadores do Boston Celtics vibram com vitória em casa; equipe empatou a série com o Los Angeles

A boa atuação de Kobe Bryant não foi suficiente para dar a vitória ao time visitante, que joga longe de seus domínios mais uma vez no domingo, antes de mandar os jogos finais da série.

O astro dos Lakers foi o cestinha da partida, com 33 pontos, seguido de perto por seu companheiro de equipe Pau Gasol, que obteve 21 tentos. Pelo lado dos Celtics, Davis brilhou e conseguiu 18 pontos, sendo o segundo maior pontuador de sua equipe – Pierce obteve 19.

Depois da desastrosa atuação no jogo três, em que conseguiu apenas dois pontos, Ray Allen se redimiu e teve ótima atuação no último quarto. Até a terceira parcial, o astro havia obtido oito tentos – seis originários de lances livres. No quarto final, fez boas jogadas e conseguiu mais quatro pontos.

A partida começou extremamente equilibrada, com Paul Pierce e Rajon Rondo liderando as ações do Boston. A equipe da casa tentou criar uma diferença de pontos no início, mas os Lakers rapidamente reduziram a vantagem com boa atuação de Pau Gasol.

Em lance bizarro, Paul Pierce acertou um soco no rosto de um dos juízes por acidente, quando a partida marcava 16 a 14 para os Celtics. Ao fim, um arremesso de três pontos de Nate Robinson selou a parcial em 19 a 16 para o Boston.

O equilíbrio persistiu no segundo quarto, e os reservas passaram a liderar suas equipes. Shannon Brown foi o grande homem dos Lakers, enquanto Glen Davis aparecia bem pelo lado dos Celtics.

Quando Kobe voltou do banco, chamou o jogo para si e conseguiu oito pontos em menos de um minuto, deixando os Lakers com oito pontos de vantagem. Nos instantes finais, os Celtics aproveitaram os erros da equipe visitante e foram ao intervalo perdendo apenas por três pontos.

Allen voltou mais centrado na partida no terceiro quarto, e o Boston conseguiu reduzir a vantagem dos Lakers. Neste momento, Derek Fisher entrou em ação e conseguiu cinco pontos em um minuto. Os Celtics finalmente conseguiram a virada no placar liderados por Garnett, e o jogou ganhou novo equilíbrio.

O Boston retornou no último quarto decidido a conseguir sua vitória em casa. Ray Allen e Davis lideraram a equipe de Massachusetts, enquanto os Lakers erravam demais. A vantagem mudou de lado, e os Celtics abriram sete pontos em relação do time de Los Angeles.

Kobe tentava equilibrar a partida, mas Davis estava em noite inspirada, e, com ótimas jogadas ofensivas levou a equipe da casa à vitória por 96 a 89.
 

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host