UOL Esporte Basquete
 
20/07/2010 - 19h05

Problema no seguro faz Stoudemire desfalcar os EUA no Mundial de basquete

Das agências internacionais
Em Las Vegas (Estados Unidos)
  • Sem conseguir um seguro médico, Stoudemire ficará de fora da seleção dos EUA no Mundial

    Sem conseguir um seguro médico, Stoudemire ficará de fora da seleção dos EUA no Mundial

A seleção dos Estados Unidos terá mais um desfalque para o Mundial de basquete que será disputado na Turquia. O ala-pivô Amare Stoudemire pediu dispensa da competição devido a problemas para obter um seguro médico exigido pelas equipes da NBA para que o jogador possa servir o time nacional.

Stoudemire não conseguiu fazer um seguro médico devido a uma antiga fratura no joelho esquerdo, a qual o ala-pivô corrigiu através de uma cirurgia. O problema, inclusive, foi um dos motivos pelos quais o Phoenix Suns não ofereceu um contrato máximo para tentar segurar o jogador ao fim da última temporada da NBA.

Agente livre durante o atual período de transferências, Stoudemire acertou sua transferência para o New York Knicks por quase US$ 100 milhões em um vínculo de cinco anos. Sua nova equipe já havia manifestado preocupação sobre a participação do ala-pivô no Mundial da Turquia devido à possibilidade de lesões.

A ausência de Stoudemire é um novo golpe na seleção dos Estados Unidos, que tem sofrido com pedidos de dispensa dos principais jogadores da NBA. Lesões, cansaço e o período de transferências da liga norte-americana foram usados como justificativas para que os atletas se ausentassem da equipe nacional.

Nenhum dos atletas campeões olímpicos em Pequim-2008, como LeBron James, Kobe Bryant, Dwyane Wade e Dwight Howard, estarão no elenco que disputará o Mundial. Com poucas opções, a seleção dos Estados Unidos dará espaço para jovens jogadores de destaque na NBA, como Kevin Durant, Derrick Rose e Tyreke Evans.

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host