UOL Esporte Basquete
 
08/08/2010 - 14h18

Brasil conquista Super Four, mas lida com problemas físicos de pivôs

Do UOL Esporte
Em São Paulo

O Brasil encerrou a primeira fase de preparação para o Mundial de basquete. A seleção derrotou Angola – time que irá disputar a competição na Turquia – por 89 a 59, aproveitou para testar a defesa e o choque contra jogadores com grande poder físico. Agora, o técnico Rubén Magnano terá que resolver os problemas físicos dos pivôs Nenê e Tiago Splitter.

O primeiro, com lesões nos dois tendões de Aquiles, não entrou em quadra para o Super Four. Splitter lesionou a coxa esquerda durante a vitória sobre a Venezuela no sábado e também não pôde jogar contra Angola. Outra dúvida que o treinador argentino terá que resolver é a sua preferência por Marquinhos ou Alex. Neste domingo, Magnano optou por colocar Marquinhos na formação inicial.

Com marcação eficiente desde a quadra adversária e com rápidos contra-ataques, a seleção brasileira iniciou o jogo atropelando o time africano: 12 a 0. Para parar o ataque do Brasil, Angola abusou das faltas. Anderson Varejão, Marquinhos e Leandrinho aproveitaram as oportunidades na linha de lance livre para ajudar a colocar o time na liderança do primeiro quarto, com 25 a 16.

A diferença construída na parcial que abriu o confronto foi embora no segundo período. Os africanos encostaram (25 a 20) e deram mais trabalho para a defesa brasileira. A pressão de Angola acordou o time brasileiro, que voltou a apostar na defesa forte e na velocidade para retomar o controle e aumentar ainda mais a vantagem. O primeiro tempo terminou com boa margem para os donos da casa: 52 a 36.

BRASIL 89 X 59 ANGOLA

Marcelinho (13 pontos e 3 assistências), Nezinho (5 pts e 4 ast), Murilo (8 pts e 0 ast), Raúlzinho (3 pts e 2 ast), Alex (7 pts e 4 ast), Huertas (0 pts e 9 ast), Leandrinho (15 pts e 1 ast), Varejão (11 pts e 1 ast), Guilherme (8 ps e 0 ast), Hatila (8 pts e 0 ast) e Marquinhos (11 pts e 0 ast)
Olimpio (6 pontos e 4 assistências), C. Morais (19 pts e 0 ast), Domingos (2 pts e 2 ast),Roberto (8 pts e 1 ast), Vladimir (0 pts e 0 ast), Joaquim (2 pts e 0 ast), Bunga (8pts e 0 ast), Felizardo (6 pts e 1 ast), C. Almeida (0 pts e 0 ast), Miguel (0 pts e 1 ast) e Eduardo (8 pts e 0 ast)

Após o intervalo, o Brasil parou em quadra e demorou mais de três minutos e meio para pontuar. Além de problemas de ataque, o time de Magnano também tinha dificuldades para marcar. Leandrinho assumiu o jogo em meio à fase ruim e liderou a equipe, que conseguiu melhorar com boas jogadas do atleta do Toronto Raptors.

A seleção brasileira perdeu o terceiro quarto por 16 a 15, mas manteve diferença confortável. Sem ser incomodado, o Brasil trabalhou bem no período decisivo para confirmar o triunfo por 89 a 59 e deixar uma boa impressão após duas partidas disputadas.

Agora, o Brasil viaja para os Estados Unidos para dar sequência à preparação. A seleção vai jogar, em Nova York, contra China (no dia 12) e Porto Rico (no dia 13). O Mundial da Turquia será realizado entre os dias 28 de agosto e 12 de setembro. A equipe nacional está no grupo B, ao lado de Irã, Tunísia, Estados Unidos, Eslovênia e Croácia.

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host