UOL Esporte Basquete
 
10/08/2010 - 07h01

Inchaço e retorno de times tradicionais marcam início do Paulista masculino

Do UOL Esporte
Em São Paulo
  • Técnico José Neto será uma das novidades do Palmeiras, que retoma suas atividades profissionais

    Técnico José Neto será uma das novidades do Palmeiras, que retoma suas atividades profissionais

Principal torneio estadual de basquete do país, o Campeonato Paulista masculino começa nesta terça-feira com um inchaço no número de participantes causado pelo retorno de duas equipes tradicionais. Com vaga cativa, Palmeiras e Limeira disputarão a competição após retomarem suas atividades profissionais.

O Paulista masculino terá a participação de 16 equipes. Em 2009, apenas 13 times disputaram o torneio, após a desistência do Guarujá horas antes de sua estreia. A competição estadual contará com mais equipes do que o Novo Basquete Brasil (NBB), campeonato nacional que teve a presença de 14 times em sua última edição.

Fundador da Federação Paulista, o Palmeiras é o segundo maior vencedor do torneio estadual, com 12 títulos. Sem basquete profissional desde a década de 80, o clube já havia ensaiado seu retorno no ano passado, quando firmou uma parceria com o Araraquara para disputar o NBB. Para a próxima temporada, o tradicional time da Capital decidiu montar uma equipe própria, comandada pelo ex-auxiliar técnico da seleção brasileira José Neto.

“O que me motivou a aceitar o convite de assumir o comando técnico do Palmeiras são os amigos que tenho aqui e a estrutura que o clube oferece”, disse Neto. "O Palmeiras possui muita tradição no basquete, mas quero olhar para frente e vou me empenhar ao máximo para conduzir o clube ao topo”.

PARTICIPANTES DO PAULISTA MASCULINO

Grupo A Grupo B
São José Paulistano
Bauru Franca
Pinheiros Assis
São Bernardo Araraquara
Rio Claro Liga Sorocabana
XV de Piracicaba Americana
Barueri Limeira
Palmeiras São Caetano

Já o Limeira retorna ao basquete profissional após o afastamento de um ano. Campeão paulista e quinto colocado no NBB em 2008, o time do Interior fechou as portas por causa de problemas financeiros. Com a saída do técnico Luiz Augusto Zanon, a equipe será comandada por Demétrius, auxiliar na conquista do Estadual.

Além dos retornos das tradicionais equipes, o Paulista contará com boa parte da elite do basquete brasileira. Sete equipes que disputaram a última edição do NBB estarão em quadra pelo Estadual: Franca, Pinheiros, São José, Bauru, Assis, Araraquara e Paulistano.

Atual campeão, o São José trouxe apenas o pivô Murilo, do Minas, para reforçar o elenco. Em compensação, manteve a base que conquistou o título estadual no ano passado. Outro finalista, o Paulistano passou por uma completa reformulação. Além do técnico João Marcelo Leite, o time da Capital perdeu sete jogadores, entre eles o pivô Baby.

Franca e Pinheiros foram duas das equipes que mais se reforçaram. A tradicional equipe do Interior manteve seus principais jogadores, tirou Dedé e Fernando Penna do Paulistano e ainda trouxe os norte-americanos Maurice Spillers e Chas McFarland. Já o Pinheiros repatriou o ala Marquinhos, contratou o argentino Juan Pablo Figueroa e terá o técnico João Marcelo Leite no lugar de Cláudio Mortari, que assume a supervisão de basquete.

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host