UOL Esporte Basquete
 
Philippe Desmazes/AFP

Marcelinho Huertas foi o cestinha do jogo com a Austrália, mas não evitou a derrota

22/08/2010 - 14h58

Estéril, Brasil domina Austrália, mas exagera nas bolas longas e perde de novo

Do UOL Esporte
Em São Paulo *

O Brasil perdeu sua quarta partida consecutiva antes da estreia no Mundial de basquete, na Turquia. Dominante na maior parte do jogo, mas estéril, a seleção comandada por Rubén Magnano contou com Huertas e Varejão, mas não conseguiu superar a Austrália e perdeu por 72 a 69.

FICHA TÉCNICA

  • BRASIL

    69

    Huertas (17), Leandrinho (15), Alex (4), Guilherme (7) e Varejão (3). Entraram: Marcelinho Machado (2), Wellington (3), Murilo (6), Raulzinho (0), Marquinhos (3) e T. Splitter (9)

  • AUSTRÁLIA

    72

    Damian Martin (0), Patrick Mills (15), Adam Gibson (3), Joe Ingles (14), Brad Newley (7), Steven Markovic (2), David Barlow (0), Mark Worthington (9), Aron Baynes (1), David Andersen (10), Matt Nielsen (10) e Aleks Maric (1).

A partida é válida pelo torneio preparatório de Lyon, que ainda reúne Costa do Marfim e a França. Antes do revés diante dos australianos, o Brasil já havia sido derrotado por Espanha, Argentina e França, além de Porto Rico, em uma exibição reduzida. As únicas vitórias até agora foram contra Angola e China, nos dois primeiros jogos da série.

Apesar da derrota, Magnano pode comemorar o bom jogo de Anderson Varejão e Marcelinho Huertas. A dupla havia sido poupada contra a França na última sexta, mas destacou-se na partida deste domingo.

Varejão conseguiu nove rebotes no confronto e terminou como o melhor no quesito. Já Huertas fez 17 pontos e foi o cestinha da partida. Os elogios, porém, acabam aí. À frente no marcador durante quase todo o jogo, o Brasil não conseguiu disparar em nenhum momento.

A seleção ainda abusou dos arremessos longos e, em geral, errou muito quando esteve no ataque. Foram 32 chutes de três pontos, mas somente sete cestas, com um aproveitamento de 22%. O Brasil ainda falhou em 47 dos 72 lances de dois que tentou, com um aproveitamento de 35%.

O resultado foi a derrota no último período. Depois de uma sequência de ataques desperdiçados, o Brasil foi ultrapassado pelos australianos a cerca de sete minutos para o fim do jogo e não retomou a liderança, mesmo forçando a marcação.

Em outro jogo amistoso pelo torneio preparatório de Lyon no final deste domingo, a seleção da França dominou Costa do Marfim e venceu pelo placar de 74 a 66.

* Atualizada às 19h44

 

 

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host