UOL Esporte Basquete
 
23/08/2010 - 15h46

Pedido de cidadania atrasa e Bonner não pode defender Canadá no Mundial

Do UOL Esporte
Em São Paulo

O norte-americano Matt Bonner não conseguirá adquirir sua cidadania canadense em tempo de defender o país para o Mundial da Turquia. O jogador do San Antonio Spurs, da NBA, havia feito um pedido de adiantamento do processo, mas este foi negado pelo ministro de Cidadania e Imigração do país.

O ala-pivô atuou por duas temporadas no Toronto Raptors, é proprietário de uma casa no país e casou-se com uma canadense em 2008. No ano seguinte, o jogador recebeu direito à residência permanente no Canadá. A expectativa era que o jogador conseguisse a cidadania canadense para poder defender o país no Mundial de basquete, que começa no dia 28 de agosto, na Turquia.

“Matt não pode jogar pelo Canadá no campeonato mundial até que ele consiga sua cidadania”, afirmou Wayne Parrish, dirigente da federação canadense de basquete, que não vê muitas alternativas que ajudem o jogador a competir com a equipe do Canadá. “Entretanto, ele não pode adquirir sua cidadania até que ele jogue pelo Canadá e demonstre seu valor extraordinário”.

Bonner havia feito o pedido de aceleração no processo da cidadania duas outras vezes, mas em ambas as ocasiões ele foi negado. A ausência de Bonner deixa o Canadá com apenas um atleta com experiência de NBA para o Mundial da Turquia: o pivô do Miami Heat Joel Anthony.

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host