Topo

Basquete


Grupo de investimentos anuncia acordo com o Sacramento Kings e deve levar time para Seattle

AP Photo/Elaine Thompson
Chris Hansen, dono do grupo de investimento de Seattle, comandou a compra do Kings Imagem: AP Photo/Elaine Thompson

Das agências internacionais

Em Seattle (Estados Unidos)

2013-01-21T16:35:42

21/01/2013 16h35

Um grupo de investimentos da cidade de Seattle confirmou nesta segunda-feira que chegou a um acordo com a família Maloof para assumir o controle do Sacramento Kings, da California, e que pretende mudar o time da NBA de sede. Seattle ficou sem time na liga de basquete dos Estados Unidos e Canadá após a saída dos SuperSonics, que viraram Oklahoma City Thunder em 2008.

Os termos do acordo foram não foram divulgados pela NBA, já que seguem sob avaliação antes da aprovação final, o que ainda pode demorar alguns meses.

O grupo de investimento, que tem entre os sócios o executivo-chefe da Microsoft, Steve Ballmer, já tem aprovação do conselho da cidade de Seattle para construir uma arena de US$ 490 milhões em uma área no centro do município, mas o projeto ainda precisa passar por outras entidades.

O prefeito de Seattle, Mike McGinn, afirmou que todo o suporte político será dado para que a cidade volte a ter um time de basquete, e aproveitou para enviar seus cumprimentos ao grupo de investimentos pelo acordo com o Sacramento Kings.

"Esta segunda-feira foi um dia maravilhoso para nossa cidade e para todos os torcedores do SuperSonics espalhados pelo mundo. Ainda temos muito trabalho pela frente, mas demos um passo importante para trazer a equipe de volta para casa", afirmou.