Topo

Basquete


Com Gasol no banco, Lakers levam surra dos Bulls e expõem crise com treinador

EFE/Kamil Krzaczynski
Lakers acumularam mais uma derrota e vivem crise com o técnico Mike D'Antoni Imagem: EFE/Kamil Krzaczynski

Do UOL, em São Paulo

2013-01-22T07:54:32

22/01/2013 07h54

A rotina de derrotas do Los Angeles Lakers nesta temporada teve sequência nesta segunda-feira, quando o time da Califórnia foi atropelado pelo Chicago Bulls por 95 a 83. O novo tropeço deixou exposta a crise entre o técnico Mike D’Antoni e os principais jogadores do elenco, que fizeram críticas veladas ao treinador.

Pau Gasol é o jogador mais descontente com D’Antoni, que mandou o espanhol para a reserva e promoveu Earl Clark para o quinteto titular. Segundo o treinador, o objetivo seria dar maior qualidade à rotação dos Lakers, mas a iniciativa desagradou o espanhol. Com seu tempo de quadra reduzido, o pivô já fala em ser envolvido em alguma negociação pelos Lakers.

Outro jogador que deixou a quadra extremamente descontente com o atual momento dos Lakers foi Kobe Bryant. Um dos principais defensores da contratação de D’Antoni, o astro fez críticas veladas ao treinador após o revés, reclamando da maneira que a equipe tem sido armada dentro de quadra.

"Não está funcionando, precisamos voltar ao básico", reclamou Kobe, em entrevista ao YahooSports. "Precisamos colocar os caras nas posições em que jogam melhor. Steve [Nash] é o melhor no pick-and-roll. Pau [Gasol] é o melhor no bloqueio. Sou o melhor da linha do lance livre para trás. Vamos voltar ao básico. Temos que avaliar o que está acontecendo".

Diante dos Bulls, o principal astro dos Lakers teve uma atuação ruim, com apenas 16 pontos e sete chutes convertidos em 22 tentativas. Kobe tem reclamado com frequência de cansaço e já alertou sobre a ‘velhice’ do elenco dos Lakers, que têm sofrido para jogar em ritmo intenso e de velocidade cobrado por D’Antoni.

“Estamos indo pelo caminho errado”, lamentou o técnico, que ainda admitiu perder Gasol em uma transferência na pausa para o All-Star Game. “Tentaremos trabalhar com ele e veremos o que podemos fazer. Coisas mudam, coisas acontecem e não posso prever o futuro”.

Além de Kobe, Dwight Howard também teve uma noite ruim, com apenas oito pontos e dois arremessos convertidos em cinco tentativas. Steve Nash anotou 18 e foi o cestinha da equipe. Já os Bulls mostraram uma boa atuação coletiva, com força defensiva e maior solidariedade no ataque. O destaque foi Kirk Hinrich com 22 pontos.

CLÁSSICO ENTRE KNICKS E NETS TERMINA COM BATE BOCA NO TWITTER

O clássico nova-iorquino entre New York Knicks e Brooklyn Nets, no Madison Square Garden, foi acirrado e de grande rivalidade dentro e fora de quadra. Os visitantes arrancaram uma vitória apertada por 88 a 85, mas o que chamou a atenção foi um bate-boca pelas redes sociais entre Kris Humphries e J.R. Smith após a partida.

Humphries utilizou sua conta no Twitter para provocar a torcida rival, postando que os Nets ‘calaram o Madison Square Garden’. O comentário não foi bem aceito por Smith, que rebateu com uma ironia sobre a ex-mulher do adversário, a socialite Kim Kardashian.

“Não estava quieto quando Kanye mandou ver no mês passado”, disse Smith em referência ao rapper Kanye West, novo namorado de Kardashian e que engravidou a socialite.

Em quadra, Humphries teve boa atuação com 11 pontos e 13 rebotes para os Nets, enquanto Smith marcou 16 para os Knicks. Os destaques, porém, foram Carmelo Anthony, com 29 pontos para o time da casa, e Joe Johnson, com 25 para os visitantes.

BRASILEIROS VÃO BEM E VENCEM NA RODADA

A rodada desta segunda-feira foi boa para os brasileiros que estiveram em quadra. O destaque foi o pivô Nenê Hilário, que marcou 24 pontos e apanhou nove rebotes na vitória do Washington Wizards sobre o Portland Trail Blazers por 98 a 95.

O herói da vitória dos Wizards, porém, foi Jordan Crawford, que mandou uma bola certeira de três no estouro do cronômetro para garantir o triunfo.

Outro brasileiro que atuou nesta segunda foi Tiago Splitter, que mais uma vez teve um desempenho consistente na vitória do San Antonio Spurs sobre o Philadelphia 76ers por 90 a 85. O pivô marcou 10 pontos e apanhou 12 rebotes.