Basquete

Pivô do Warriors diz que não ficaria surpreso se Curry fizesse 50 pontos

Kyle Terada-USA TODAY Sports
Imagem: Kyle Terada-USA TODAY Sports

Do UOL, em São Paulo

18/06/2016 20h30

Depois de abrir 3 a 1 nas finais da NBA e ficar a uma vitória do segundo título consecutivo, o Golden State Warriors sofreu duas derrotas consecutivas e viu o Cleveland Cavaliers empatar a série. Essa reação do adversário deixou os jogadores tristes na viagem de volta para casa e abalou a confiança da equipe, correto?

Errado. Pelo menos foi isso o que disse o pivô Marreese Speights no "Players Tribune", site no qual os textos publicados são escritos pelos próprios atletas. De acordo com ele, um dos reservas do Warriors, não teve nada de melancolia na viagem de volta para Oakland.

"O pessoal estava apenas relaxando, não estávamos falando do jogo. Na verdade, sabem o que metade do time estava fazendo? Lição de casa", contou Speights.

"Andre Iguodala ainda estuda, então ele estava fazendo a lição durante a viagem. Ele lê muitos livros, é um cara inteligente. James Michael McAdoo ainda está buscando se formar, então estava fazendo alguns trabalhos online. É um sujeito bastante focado. Ele e Harrison Barnes aproveitaram o trajeto para fazer lição de casa online."

Speights também afirmou não estar nervoso para o sétimo jogo da série, aquele que de fato definirá o campeão da temporada 2015/16 da NBA. O pivô do Warriors até disse estar ansioso para sentir a atmosfera do ginásio na partida, diante dos torcedores da equipe. Além de contar todas essas experiências, ele ainda arriscou duas previsões para esse duelo decisivo.

"A primeira é que todos os jogadores do nosso elenco vão deixar tudo o que têm dentro de quadra. A segunda é que Steph Curry vai ter uma atuação monstruosa. Eu não ficaria surpreso se ele fizesse 50 pontos. Tenho certeza que ele vai responder às coisas que a mídia tem dito sobre ele e a tudo o que tem aparecido no Twitter", cravou.

A sétima e última partida da série entre os dois finalistas da NBA acontece neste domingo, às 21h (de Brasília), em Oakland. O Warriors está atrás do segundo título consecutivo, o que coroaria uma campanha histórica, que atingiu o recorde de 73 vitórias durante a fase de classificação. Já o Cavaliers busca se sagrar campeão pela primeira vez. 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Bala na Cesta
Redação
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Redação
Redação
Bala na Cesta
Bala na Cesta
AFP
Redação
Bala na Cesta
Esporte Ponto Final
UOL Esporte
UOL Esporte
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Redação
Bala na Cesta
EFE
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Redação
UOL Esporte
UOL Esporte
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Redação
Redação
Bala na Cesta
UOL Esporte
Redação
UOL Esporte
Bala na Cesta
Redação
UOL Esporte
LancePress
Redação
Bala na Cesta
Redação
Bala na Cesta
Redação
Topo