Topo

Basquete

LeBron diz "perseguir fantasma" de Jordan para ser o melhor da história

Montagem sobre fotos AP
Imagem: Montagem sobre fotos AP

Do UOL, em São Paulo

03/08/2016 10h44

Tricampeão da NBA, três vezes MVP das finais, quatro vezes MVP da temporada regular, e estes são apenas os primeiros números da lista de conquistas de LeBron James. Mas o ala ainda persegue uma meta ousada, para alguns inatingível: ser o melhor jogador da história do basquete.

“Minha motivação é este fantasma que eu persigo, o fantasma que jogou em Chicago”, confessa LeBron à revista Sports Illustrated. A referência é clara a Michael Jordan, que virou uma entidade do esporte pelo tanto que fez com a camisa dos Bulls. Apesar de ter Air Jordan como referência, James sabe reconhecer as particularidades que diferenciam suas carreiras.

“Minha carreira é totalmente diferente da de Jordan. Tudo pelo que já passei é diferente do que ele passou. O que ele fez foi inacreditável, e eu assisti ele se revelar”, exalta LeBron, que ainda assim não desiste de superar o próprio ídolo. “Acho legal me colocar entre aqueles grandes jogadores, mas se eu pudesse chegar a ser o maior jogador seria algo extraordinário”, completa.

Atual campeão da NBA com o Cleveland Cavaliers, James foi o pilar da volta por cima da franquia de Ohio, que superou desvantagem de 3 jogos a 1 para virar as finais sobre o Golden State Warriors. A maior reviravolta da história da NBA. Nas finais, aliás, o camisa 23 foi simplesmente o melhor em pontos, rebotes, assistências, bloqueios e roubos de bola.

Chegar ao terceiro anel foi tão suado que LeBron James mal acreditou. “É como assistir um filme que você já viu: você sabe o que vai acontecer, mas você ainda pensa ‘o que vai acontecer agora?’”, explica o astro, que foi essencial para que a cidade de Cleveland voltasse a comemorar um título das grandes ligas americanas após 51 anos.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!