Basquete

Fiba convida dirigentes para reunião a fim de "salvar o basquete do Brasil"

Divulgação
Carlos Nunes, presidente da CBB, que foi suspensa por tempo indeterminado pela federação internacional Imagem: Divulgação

Guilherme Costa

Do UOL, em São Paulo

26/01/2017 16h58

A Fiba (Federação Internacional de Basquete) resolveu fazer uma reunião para tentar “salvar o basquete do Brasil”. Foi com esse mote que a entidade enviou nesta quinta-feira (26) um e-mail de convocação a alguns dos principais dirigentes da modalidade no país, incluindo os dois candidatos à sucessão presidencial da CBB (Confederação Brasileira de Basketball). O encontro será realizado no dia 3 de fevereiro, na Suíça.

Além de Amarildo Rosa e Guy Peixoto, postulantes à presidência da confederação nacional – a eleição está prevista para março deste ano, ainda sem data estipulada –, a Fiba convocou Carlos Nunes (atual mandatário), Gerasime Bozikis (o Grego, ex-ocupante do cargo), Paulinho Villas Boas (ex-jogador que já trabalhou no Comitê Olímpico do Brasil e no comitê organizador dos Jogos Rio-2016), Horácio Muratore (presidente da Fiba América), Alberto Garcia (secretário-geral da Fiba América) e dois dirigentes ligados à LNB (Liga Nacional de Basquete): Luiz Fernando Rossi (presidente) e Kouros Monadjemi (diretor de relações institucionais).

Pela Fiba, participarão da reunião o secretário-geral Patrick Baumann e o espanhol Jose Luiz Sáez. A entidade se comprometeu a bancar custos de hospedagem e logística na Suíça, mas deixou as passagens aéreas a cargo dos convidados. O modelo já gerou reclamações - um dos convocados, ouvido pelo UOL Esporte, lamentou o alto custo envolvido na compra dos bilhetes internacionais a pouco mais de uma semana da viagem.

Na reunião, a ideia da Fiba é debater o caos que tomou conta do basquete no Brasil. A CBB foi suspensa em novembro do ano passado, por “absoluta falta de controle do esporte”. Na época, a entidade internacional nomeou Sáez como interventor e o incumbiu de avaliar a crise. Com base nisso, considerou a criação de uma força-tarefa, a nomeação de um conselho gestor para o período restante de Carlos Nunes e até a desfiliação dos brasileiros, com a consequente criação de uma nova confederação.

O período de suspensão da CBB serviu para desgastar ainda mais a atual gestão da entidade. Os clubes brasileiros (Bauru, Flamengo e Mogi) foram alijados da Liga das Américas e ficaram revoltados. Paralelamente, a confederação viu seu site ser suspenso por falta de pagamento e entrou em colisão com a LNB (houve troca pública de críticas e ameaças depois de a liga ter criado um tribunal próprio e independente). Além disso, encerrou parceria com o Banco Bradesco, que era o principal patrocinador da instituição.

Durante o período de suspensão, Amarildo Rosa chegou a procurar Guy Peixoto para tentar uma coalisão entre federações estaduais. A proposta do candidato era montar um plano de transição que garantisse a realização da eleição e pleitear na Fiba o agendamento do pleito para o primeiro dia de março.

O contato de Amarildo foi feito com Manoel Castro, ex-presidente da Federação de Basquete do Maranhão, candidato à vice-presidência da CBB na chapa de Guy. Castro rechaçou a ideia de uma reunião entre chapas, e a ideia foi abandonada.

A eleição presidencial, aliás, é mais uma demonstração da situação precária em que se encontra a CBB. A assembleia que definirá o próximo presidente será feita no Rio de Janeiro, sede da entidade, e os mandatários de federações estaduais, todos com direito a voto, já foram informados que terão de bancar o deslocamento até a capital fluminense.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Bala na Cesta
Bala na Cesta
Redação
Redação
Esporte Ponto Final
UOL Esporte
UOL Esporte
UOL Esporte
Bala na Cesta
Redação
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Redação
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Redação
Redação
Bala na Cesta
Bala na Cesta
AFP
Redação
Bala na Cesta
Esporte Ponto Final
UOL Esporte
UOL Esporte
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Redação
Bala na Cesta
EFE
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Redação
UOL Esporte
UOL Esporte
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Redação
Redação
Bala na Cesta
Topo