Topo

Basquete

Ex-jogador da NBA diz que não andaria perto de um atleta gay

Maddie Meyer/Getty Images/AFP
Amar'e Stoudemire declarou que 'atravessaria a rua' para evitar contato com um jogador gay Imagem: Maddie Meyer/Getty Images/AFP

Do UOL, em São Paulo

01/03/2017 12h07

Ex-jogador do New York Knicks, Miami Heat e Phoenix Suns, Amar’e Stoudemire deu declaração polêmica ao site Walla Spors, de Israel. O atual jogador do Hapoel Jerusalém declarou que evitaria ficar perto de um jogador gay.

“Eu atravessaria a rua para tomar banho e garantir que as roupas fiquem por perto”, disse o ala-pivô.

“E para ir ao ginásio, eu pegaria uma rota diferente”.

Questionado se sua resposta era sincera ou apenas uma brincadeira, Stoudemire completou:

“Sempre há verdade dentro de uma brincadeira”, disse o atleta de 34 anos.

Em 2012, Stoudemire foi multado pela direção da NBA em US$ 50 mil (R$ 156 mil na cotação atual) por ofender um gay nas redes sociais. Na época, o então jogador do New York Knicks admitiu que exagerou: “Estou desapontado comigo pela declaração dada a um torcedor”.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!