Rodman se oferece para mediar a paz entre EUA e Coreia do Norte

Do UOL, em São Paulo

  • AFP PHOTO

    Kim Jong-un ao lado de Denis Rodman em 2014 na Coreia do Norte

    Kim Jong-un ao lado de Denis Rodman em 2014 na Coreia do Norte

O excêntrico ex-jogador de basquete Denis Rodman se propôs a servir como um intermediador para conversas de paz entre Estados Unidos e Coreia do Norte. As relações entre os países vem se deteriorando a cada dia.

"Claro que não me custaria nada estar com o presidente (Trump) e contá-lo o que eu vivi na Coreia do Norte, mas acredito que ele está muito ocupado", disse Rodman ao site americano TMZ.

O ex-jogador esteve em algumas oportunidades na nação asiática, inclusive participando de partidas amistosas a convite pessoal do líder norte-coreano Kim Jong-un, com quem tem boa relação.

Por causa deste diálogo com o norte-coreano, Rodman foi questionado se gostaria de ser embaixador americano no país: "Não é uma coisa que eu possa decidir", disse.

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos