Basquete

Harden, Westbrook, LeBron, Kawhi... NBA tem briga feroz por prêmio de MVP

Michael Wyke/AP
Imagem: Michael Wyke/AP

Éder Fantoni

Colaboração para o UOL

29/03/2017 04h00

Há um ano, o armador Stephen Curry, do Golden State Warriors, se encaminhava tranquilamente para ganhar o prêmio de MVP (jogador mais valioso) da temporada 2015/16 da NBA. Ele se tornou o primeiro jogador a ser laureado de forma unânime. Em 2016/17, porém, a história é bem diferente.

A disputa pelo prêmio neste ano é uma das mais acirradas da história da NBA. Pelo menos quatro jogadores têm totais condições de vencer: Russell Westbrook (Oklahoma City Thunder), James Harden (Houston Rockets), LeBron James (Cleveland Cavaliers) e Kawhi Leonard (San Antonio Spurs).

O vencedor é escolhido por meio de uma votação entre jornalistas dos Estados Unidos. O resultado final deve ser divulgado em maio.

Rei dos triplos-duplos x Barba

Westbrook e Harden despontam como os grandes favoritos. Pudera. Os seus números são impressionantes.

O armador do Thunder tem média de triplo-duplo na temporada (31.4 pontos por jogo, 10.4 assistências e 10.5 rebotes). Ele está perto de se tornar o segundo jogador da história da NBA a terminar a temporada com dígitos duplos em três fundamentos, algo alcançado apenas por Oscar Robertson, em 1961/62.

No campeonato deste ano, Westbrook já coleciona 37 triplo-duplos. Ele está a apenas quatro de igualar o recorde de Robertson em uma mesma temporada.

“Pelo o que tem jogado, tem que ser ele [o vencedor do prêmio]. Tem jogado para burro. Leva o time nas costas e fazer isso na NBA, com esse nível de jogo, não é fácil. Ele mata um leão quatro vezes por semana para sustentar o time dele”, disse o ex-jogador brasileiro Marcel de Souza ao UOL Esporte.

De fato, Westbrook é a salvação do Thunder. O segundo jogador que mais pontua na equipe é o ala Victor Oladipo, que não chega nem a 20 pontos de média por partida (tem 16.4). O armador de 1.91 m pega mais rebotes até mesmo do que o pivô Steven Adams (média de 7.6), de 2,13 m.

Graças às boas atuações de Westbrook, o Thunder tem 42 vitórias (e 31 derrotas) na temporada e está na sexta colocação da Conferência Oeste, praticamente classificado para os playoffs.

Harden, por sua vez, não tem média de triplo-duplo, mas seus números também o colocam como um supercandidato ao prêmio. Ele lidera a liga em assistências (11.3) e tem 29.4 pontos por jogo, além de 8.0 rebotes. Nesta temporada, ele tem 19 triplos-duplos (só fica atrás de Westbrook).

Mas o armador dos Rockets fica à frente do jogador do Thunder em outras estatísticas, como no aproveitamento de arremesso de quadra (45% contra 42%), de dois pontos (54% contra 46%), de três pontos (35% contra 33%) e lances livres (85% contra 84%).

Para o atual detentor do prêmio, Curry, que corre por fora pelo tri, Harden merece ganhar o troféu. “Eu acho que você tem que recompensar o melhor time, a melhor campanha. Isso faz parte da história do prêmio de MVP. Então, acho que James [Harden] provavelmente vai superar [Westbrook] por causa disso”, disse Curry.

Harden lidera o time com a terceira melhor campanha na NBA. O Houston Rockets tem 51 vitórias e 22 derrotas e está na terceira posição da Conferência Oeste, atrás somente de Warriors e San Antonio Spurs.

AP Photo/Marcio Jose Sanchez
Imagem: AP Photo/Marcio Jose Sanchez

Curry?

A disputa, porém, não se resume aos dois jogadores. Há quem aponte até mesmo Curry como o merecedor do prêmio, como Oscar Schmidt. “Joga de uma maneira sensacional, muito parecida com a da minha geração”, afirmou o ex-jogador.

Com a chegada de Kevin Durant, as jogadas dos Warriors ficaram mais divididas. Com isso, Curry viu os seus números caírem em relação à temporada passada. Em pontos, por exemplo, foi de 30.1 a 24.8. Seu aproveitamento da linha de três pontos também desabou: de 45% para 40%.

Darren Abate/AP
Imagem: Darren Abate/AP

LeBron e Kawhi Leonard

LeBron já ganhou o prêmio de MVP quatro vezes (2008/09, 2009/10, 2011/12 e 2012/13). Aos 32 anos, ele é peça fundamental nos Cavaliers. Tem média de 26 pontos por jogo e uma pontaria de dar inveja. Dos candidatos, o ala possui o melhor aproveitamento nos arremessos de quadra (54%). Além disso, James possui médias de 8.4 rebotes e 8.8 assistências - é o sexto maior garçom da competição, atrás apenas de cinco armadores.

Já Leonard, de 25 anos, vem em uma ascendente em sua carreira. Tem média de 3.5 assistências e 26 pontos por jogo. É o principal jogador de um time que tem 57 vitórias e apenas 16 derrotas. Ao seu favor, pesa ainda o fato de ser um dos jogadores mais fortes de defesa: foi eleito o melhor defensor nas duas últimas temporadas.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Bala na Cesta
Bala na Cesta
Redação
Redação
Esporte Ponto Final
UOL Esporte
UOL Esporte
UOL Esporte
Bala na Cesta
Redação
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Redação
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Redação
Redação
Bala na Cesta
Bala na Cesta
AFP
Redação
Bala na Cesta
Esporte Ponto Final
UOL Esporte
UOL Esporte
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Redação
Bala na Cesta
EFE
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Redação
UOL Esporte
UOL Esporte
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Redação
Redação
Bala na Cesta
Topo