Topo

Basquete

Brasileiros ficam fora dos eleitos para o Hall da Fama do Basquete de 2017

Tami Chappell/Reuters
Ex-jogador da NBA Tracy McGrady foi um dos 11 escolhidos para o Hall da Fama Imagem: Tami Chappell/Reuters

Do UOL, em São Paulo

02/04/2017 16h43

O Naismith Memorial Basketball anunciou os eleitos para a "classe de 2017" do Hall da Fama do Basquete, e os indicados brasileiros não conseguiram entrar no seleto grupo que reúne os maiores nomes da história do esporte. Kanela, Amaury e Marquinhos Abdalla eram os representantes do país nas indicações, mas os três ficaram de fora.

Os 11 escolhidos pela associação norte-americana foram Zack Clayton, Nikos Galis, Mannie Jackson, Tom Jernstedt, Jerry Krause, Rebecca Lobo, George McGinnis, Tracy McGrady, Muffet McGraw e Bill Self.

Alguns dos destaques da lista são McGrady, sete vezes escolhido para o All-Star Game da NBA; Lobo, campeã olímpica e líder do UConn Huskies no título universitário invicto de 1995; e Webber, que era um dos indicados de 2016, quando acabou de fora da lista final.

Para ser incluído no Hall da Fama do Basquete, o indicado precisa de 18 dos 24 votos do Comitê de Honra do Naismith Memorial Basketball. A cerimônia de entrada dos 11 eleitos vai acontecer entre 7 e 9 de setembro, em Springfield (EUA).

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!