Topo

Basquete

Envolvido em lesão de rival, pivô dos Warriors vê família ameaçada na web

Thearon W. Henderson/Getty Images
Zaza Pachulia em quadra contra o San Antonio Spurs Imagem: Thearon W. Henderson/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

21/05/2017 21h43

Responsável por desequilibrar o ala Kawhi Leonard no lance em que o astro do San Antonio Spurs torceu o tornozelo, o pivô Zaza Pachulia, do Golden State Warriors, viu sua família receber ameaças após o incidente do Jogo 1 da final da Conferência Oeste da NBA, realizada no último dia 14 de maio.

De acordo com uma entrevista do jogador publicada pelo jornal “USA Today” neste domingo (21), o atleta georgiano ficou preocupado a ponto de seguranças serem contratados para protegerem seus filhos na escola em que estudam na baía de San Francisco. O pivô mencionou uma entrevista do técnico Gregg Popovich como um dos motivos para a revolta pública crescer a tal ponto.

“Não quero culpar o Pop(ovic) por tudo, mas o que ele disse teve muita influência”, afirmou. “Torcedores ouviram a mensagem e ‘ok, Pop(ovic) disse isso, então vamos fazer isso’. É apenas errado. Você precisa pensar e entender. Me ameacem, mas não ameacem minha mulher ou diga algo sobre meus filhos. É apenas errado”.

Pachulia disse não se importar em lidar com ameaças pessoais, mas destacou que ficou incomodado ao ver sua família afetada por um incidente ocorrido dentro de quadra e voltou a lamentar as críticas do técnico dos Spurs.

“Tenho muito respeito por ele. No mundo do basquete atual, ele é uma pessoa muito resposta. Então quando Pop(ovic) diz algo desse tipo, me criticando... é compreensível que tenha um efeito”, analisou.

O pivô perdeu o Jogo 3 das finais do Oeste no último sábado (20), mas os Warriors venceram a terceira na série, por 120 a 108. Basta apenas mais uma vitória para que o atual vice-campeão da NBA retorne à decisão.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!