Topo

Basquete

Durant diz que tomou decisão "100% correta" ao assinar com Warriors

Kyle Terada/USA TODAY
Kevin Durant e Stephen Curry comemoram ponto do Golden State Warriors diante do San Antonio Spurs em primeiro jogo das finais do Oeste na NBA Imagem: Kyle Terada/USA TODAY

Do UOL, em São Paulo

22/05/2017 13h09

Kevin Durant recebeu críticas por deixar o Oklahoma City Thunder e assinar com o Golden State Warriors – repercussão semelhante à de quando LeBron James deixou o Cleveland Cavaliers para assinar com o Miami Heat no começo da década. Com classificação quase certa à final da NBA, Durant mostrou nenhum arrependimento pela decisão tomada em 2016.

Em entrevista ao site “The Undefeated”, o ala dos Warriors disse ter segurança total na escolha tomada. “Eu tomei uma decisão 100% correta, vencendo ou perdendo. Eu sinto que esse é o lugar que eu devia estar. Eu aprecio tudo que fiz antes disso, mas estou aqui agora e eu sinto que é um bom lugar para mim”, analisou.

Aos 28 anos, Durant assinou um contrato de dois anos com o Golden State Warriors, o qual custará um total de US$ 54,2 milhões aos cofres da franquia até o término da próxima temporada da NBA. Em quadra, o ala não chegou a ter as melhores médias de sua carreira em pontos, sua maior qualidade, porém atingiu sua melhor porcentagem de acerto em estatísticas avançadas que analisam a precisão de arremessos – uma vantagem de jogar com Stephen Curry, Klay Thompson e Draymond Green.

“Aqui é onde eu devia estar a essa altura da minha vida. Estou encarando isso e conquistando tudo. Estou aproveitando cada passo”, declarou Durant.

Durant participou de 62 jogos na temporada regular e de nove das onze vitórias consecutivas dos Warriors nos playoffs. Na última delas, contra o San Antonio Spurs, o ala foi destaque da equipe com 33 pontos e 10 rebotes. A equipe da Califórnia tenta garantir nesta segunda-feira (22) a classificação às finais da NBA – basta uma vitória contra os Spurs em San Antonio.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!