Basquete

Inspirados, Cavs batem Warriors, evitam recorde e seguem vivos na decisão

Ken Blaze/USA TODAY Sports
LeBron James e Kyrie Irving comandaram vitória do Cleveland Cavaliers Imagem: Ken Blaze/USA TODAY Sports

Do UOL, em São Paulo (SP)

10/06/2017 01h01

Não foi nesta temporada que os fãs de basquete presenciaram a história sendo feita nas Finais da NBA. Nesta sexta-feira (9), na Quicken Loans Arena, em Ohio (EUA), o Cleveland Cavaliers não deu chances ao Golden State Warriors, venceu por 137 a 116 e se manteve vivo na disputa pelo título da NBA. A vitória evitou a tradicional varrida – quando uma equipe fecha a série por 4 a 0 –, que ainda garantiria o título aos rivais com uma campanha de 16 triunfos em 16 jogos nos playoffs, um recorde nunca alcançado na liga norte-americana.

Apesar de LeBron James ter um ótimo desempenho, o destaque da partida foi Kyrie Irving. Quando a estrela da equipe precisou descansar alguns minutos no banco de reservas, foi o armador que chamou a responsabilidade e evitou que o Golden State esboçasse alguma reação dentro de quadra. Ele terminou a disputa com 40 pontos, sete rebotes e quatro assistências.

Jason Miller/Getty Images/AFP
Irving foi o grande destaque dos Cavs nesta sexta-feira Imagem: Jason Miller/Getty Images/AFP

Mesmo sem a vitória, a equipe californiana já sustentava a maior sequência vencedora da história dos playoffs, com 15 triunfos em 15 jogos. Em 1999, o San Antonio Spurs foi quem mais chegou perto. Comandado por Tim Duncan e David Ronbinson, a franquia do Texas venceu 12 partidas seguidas rumo ao título - terminou com 15 vitórias e duas derrotas.

Dois anos depois, o Los Angeles Lakers também embalou uma ótima sequência, mas ficou a uma partida dos 100% de aproveitamento – como pode acontecer com os Warriors agora. Com os astros Shaquille O'Neal e Kobe Bryant, a equipe teve apenas um tropeço em 16 jogos - acumularam 11 triunfos seguidos, mas perderam o jogo de abertura das Finais da NBA para o Philadelphia 76ers, então liderado por Allen Iverson.

Agora, a decisão, que está 3 a 1, volta para a Oracle Arena, na Califórnia, onde o Golden State Warriors terá a oportunidade de fechar a série e se tornar campeão diante de sua torcida. A partida acontecerá na próxima segunda-feira (12), às 22h (de Brasília). Caso o Cleveland consiga mais uma vitória, a disputa retorna para Ohio no jogo seis, na quinta (15), no mesmo horário.

MAIOR QUARTO DA HISTÓRIA

Pressionados por uma vitória, o Cleveland Cavaliers precisava de um começo bom para ganhar moral e embalar na partida. E fez da melhor maneira possível. Com ótimo desempenho de LeBron James, Kyrie Irving e, principalmente, Kevin Love, os Cavs terminaram o primeiro quarto com 49 pontos, a maior pontuação em um quarto da história das Finais da NBA - antes a marca era dos Lakers, com 47 no terceiro período em 1984. A vantagem de 16 pontos só não foi maior porque os donos da casa ainda desperdiçaram oito lances livres.

CURRY APAGADO

Gregory Shamus/Getty Images/AFP
Stephen Curry não conseguiu jogar no primeiro tempo da partida Imagem: Gregory Shamus/Getty Images/AFP

Uma das pricipais estrelas do Golden State Warriors, Stephen Curry não entrou no jogo. Acostumado a ser um dos maiores pontuadores da equipe, o armador só não passou em branco no primeiro quarto porque guardou dois lances livres nos últimos segundos do período. Na segunda parcial, antes do intervalo, o camisa 30 continuou apagado: acertou apenas uma bola de três, sua especialidade. Ele terminou a partida com apenas 10 pontos.

CAVS ATROPELAM, E SÓ DURANT SE SALVA

Kevin Durant foi um dos únicos do Golden State Warriors a contribuir positivamente nos dois primeiros quartos da partida. Enquanto Stephen Curry, Klay Thompson e Draymond Green praticamente não conseguiram jogar, o camisa 35, forte candidato ao título de jogador mais valioso (MVP) das finais, anotou 22 pontos, dois rebotes e quatro assistência. O ótimo desempenho individual, no entanto, só serviu para que o atropelo dos Cavs não fosse maior, já que a etapa inicial terminou 86 a 68 para os donos da casa.

FEITIÇO CONTRA O FEITICEIRO

O Golden State Warriors era dono do recorde de bolas de três pontos em partidas das Finais da NBA. Era. Nesta sexta, o Cleveland Cavaliers fez a equipe da Califórnia experimentar seu próprio veneno, um dos fatores decisivos para a vitória da equipe nesta noite. Com muita confiança, a equipe liderada por LeBron James acertou nada menos que 22 arremessos da linha de três, um novo recorde em uma disputa da decisão da liga norte-americana de basquete. O recorde pertencia ao rival, 18, conseguido justamente no segundo jogo da série.

MAIS UM RECORDE PARA LEBRON JAMES

LeBron James não cansa de bater recordes. Depois de ultrapassar Michael Jordan como maior pontuador da história dos playoffs da NBA, o jogador se tornou nesta sexta-feira o atleta com o maior número de triplo-duplos (quando um jogador alcança dois dígitos em pelo menos três fundamentos) de todos os tempos em finais da liga norte-americana de basquete. Ele agora possui nove, contra oito do lendário Magic Johson. LeBron terminou a partida desta noite com 31 pontos, 10 rebotes e 11 assistências.

TORCIDA ESTRELADA

Grande amigo de LeBron James, Dwyane Wade esteve presente nas cadeiras da Quicken Loans Arena para torcer por seu ex-companheiro de Miami Heat. Os dois, ao lado de Chris Bosh, formaram o chamado Big Three e foram responsáveis por dois títulos da franquia da Flórida. Wade, que hoje atua pelo Chicago Bulls, já havia sido campeão antes da chegada do astro do Cleveland Cavaliers, quando dividia o protagonismo com Shaquille O'Neal.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Bala na Cesta
Bala na Cesta
AFP
Redação
Bala na Cesta
Esporte Ponto Final
UOL Esporte
UOL Esporte
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Redação
Bala na Cesta
EFE
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Redação
UOL Esporte
UOL Esporte
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Redação
Redação
Bala na Cesta
UOL Esporte
Redação
UOL Esporte
Bala na Cesta
Redação
UOL Esporte
LancePress
Redação
Bala na Cesta
Redação
Bala na Cesta
Redação
Redação
UOL Esporte
Redação
Bala na Cesta
Redação
Bala na Cesta
Topo