Basquete

Fiba cobra mudanças em 2 meses para confirmar fim de suspensão da CBB

Do UOL, em São Paulo

22/06/2017 15h53

A Federação Internacional de Basquete cobra mudanças em dois meses para confirmar o fim da suspensão da Confederação Brasileira de Basquete. Em comunicado em seu site oficial, a entidade máxima da modalidade reconheceu os esforços feitos pela nova administração da CBB, mas ressaltou que a reintegração ainda depende do cumprimento de medidas estabelecidas entre as partes.

"O Comitê Executivo da Fiba decidiu na reunião desta quarta-feira (21), sob um conjunto de condições acordadas, retirar a suspensão da Confederação Brasileira de Basquetebol. (...) A CBB foi suspensa em novembro de 2016. Sua reintegração como uma federação nacional ativa na Fiba depende de uma série de ações e documentos a serem entregues nos próximos dois meses. Após esse período, será tomada uma decisão para determinar se a CBB pode ou não ser totalmente reintegrada", trouxe o comunicado.

"Embora tenha reconhecido os esforços feitos pela nova administração da CBB, o Comitê Executivo sublinhou que as próximas semanas são cruciais para o futuro da federação, a fim de cumprir os critérios como filiado da Fiba", completou.

No fim do comunicado, a Fiba ainda pediu maior união na "família do basquete brasileiro". Conforme relatou o blog Bala na Cesta, CBB e LNB, entidade que organiza o NBB, têm batido de frente sucessivamente nos últimos meses.

Na última quarta-feira (21), a CBB emitiu comunicado afirmando que a suspensão havia sido totalmente revogada pela Fiba.

"Com o fim da sanção, a expectativa é que outras coisas positivas e conquistas aconteçam em curto, médio e longo prazo, abrindo o caminho para o acerto com parceiros e patrocinadores", trouxe a nota assinada pelo novo presidente da entidade, Guy Peixoto. 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Redação
Redação
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Redação
EFE
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Redação
UOL Esporte
Bala na Cesta
Bala na Cesta
EFE
UOL Esporte
Redação
Bala na Cesta
Bala na Cesta
EFE
Bala na Cesta
EFE
Redação
Redação
Bala na Cesta
Redação
Bala na Cesta
EFE
Redação
Redação
Redação
Bala na Cesta
Redação
Bala na Cesta
EFE
Redação
Redação
Bala na Cesta
UOL Esporte
UOL Esporte
Redação
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Redação
Bala na Cesta
EFE
Redação
Bala na Cesta
EFE
Bala na Cesta
Redação
Bala na Cesta
EFE
Topo