Basquete

Abertura do mercado da NBA tem troca, valor recorde e brasileiro renovando

Jonathan Daniel/Getty Images
Cristiano Felício em ação pelo Chicago Bulls contra o Orlando Magic Imagem: Jonathan Daniel/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

01/07/2017 08h12Atualizada em 01/07/2017 13h39

Neste sábado (1), dia da abertura da agência livre da NBA, dois astros e dois brasileiros foram envolvidos em negociações. Enquanto Blake Griffin e Cristiano Felício renovaram contratos com suas respectivas franquias, Paul George está de casa nova. Além disso, Stephen Curry assinou o maior contrato da história da liga profissional americana.

Como o Indiana Pacers ouviu de George que o jogador pretende se transferir ao fim do seu contrato, que expira daqui um ano, a franquia decidiu trocá-lo agora para não perdê-lo de graça. Assim, o ala foi enviado para o Oklahoma City Thunder, que cedeu Victor Oladipo e Domantas Sabonis para a franquia de Indianápolis na negociação.

Griffin, por sua vez, continua no Los Angeles Clippers. O ala-pivô havia exercido sua opção para encerrar seu contrato um ano mais cedo do que o previsto e virar agente livre irrestrito, mas decidiu renovar com a franquia por cinco anos e US$ 173 milhões (R$ 572,2 milhões).

Um brasileiro teve destino parecido com o de Griffin. Cristiano Felício, que era agente livre restrito, renovou com o Chicago Bulls por US$ 32 milhões (R$ 105,8 milhões) por quatro anos. Seu compatriota Nenê chegou a um acordo verbal com o Houston Rockets, mas um problema na construção do contrato impediu a renovação.

Entre as outras negociações de destaque, o Timberwolves enviou Ricky Rubio para o Utah Jazz em troca de uma escolha de primeira rodada do Draft do ano que vem e, para seu lugar, contratou Jeff Teague por três anos e US$ 57 milhões (R$ 188,5 milhões). Além disso, o Chicago Bulls dispensou Rajon Rondo.

Como esperado, Stephen Curry renovou com o Golden State Warriors, atual campeão da NBA, por cinco anos e US$ 201 milhões (R$ 664,8 milhões), maior contrato da história da NBA. A franquia californiana ainda acertou também a renovação com Shaun Livingston por três anos e US$ 24 milhões (R$ 79,4 milhões).

Completando a lista de negociações do primeiro dia da agência livre, Patty Mills renovou com o Spurs por quatro anos e US$ 50 milhões (R$ 165,4 milhões) e Tony Snell renovou com o Milwaukee Bucks por quatro anos e 46 milhões (R$ 152,1 milhões).

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Redação
Redação
Redação
Bala na Cesta
Redação
Redação
Redação
Redação
Bala na Cesta
Redação
Bala na Cesta
Redação
Redação
Redação
Redação
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Redação
Redação
EFE
UOL Esporte
UOL Esporte - Imagens
UOL Esporte
Bala na Cesta
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
UOL Esporte
EFE
Redação
Redação
Bala na Cesta
Redação
Redação
Redação
Bala na Cesta
Redação
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Redação
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Redação
Redação
Topo