Topo

Basquete

"Mais estilosa" do basquete tem imagem gerenciada como Claudia Leitte

Emma McIntyre/Getty Images
Skylar Diggins-Smith no Nickelodeon Kids' Choice Sports Awards deste ano Imagem: Emma McIntyre/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

30/07/2017 07h40

Eleita a jogadora de basquete mais estilosa do mundo, Skylar Diggins-Smith é uma das raras mulheres das ligas americanas de esportes que tem sua carreira gerenciada como uma estrela. A armadora conta com os serviços da Roc Nation, empresa que tem entre seus clientes Rihanna, Shakira e Claudia Leitte.

Em ranking elaborado pela revista americana "Sports Illustrated", Diggins-Smith aparece como a 16ª esportista mais estilosa do planeta, e é a única mulher jogadora de basquete na relação. Russell Westbrook, primeiro, LeBron James, quinto, Dwyane Wade, sétimo, e Andre Iguodala, nono, são os praticantes da modalidade que aparecem na sua frente.

A tenista Serena Williams, terceira, e Maria Sharapova, décima, e a bailarina Misty Copeland, 13ª são as únicas mulheres mais estilosas que Diggins-Smith no esporte mundial de acordo com o ranking.

Fundada pelo rapper Jay-Z em 2008, a Roc Nation é uma agência americana que trabalha a imagem de artistas e esportistas. Claudia Leitte tem sua carreira internacional gerenciada pela empresa. Além de Rihanna e Shakira, Big Sean, DJ Khaled e T.I. também são ligados à companhia.

A Roc Nation está presente também no mundo dos esportes. Dez Bryant, do futebol americano, Kevin Durant, Jeremy Lin e Rudy Gay, do basquete, Jerome Boateng, do futebol, estão entre os atletas que têm imagem gerenciada pela carreira.

Na lista de esportistas ligados à Roc Nation, Diggins-Smith é a única mulher. A armadora costuma ter postura feminista e responder às fãs com mensagens de empoderamento no Twitter.

Em abril, jornalista da "ESPN" americana afirmou que Leonard Fournette, running back do Jacksonville Jaguars, foi a escolha mais alta de um Draft contando apenas atletas ligados à Roc Nation. O jogador foi selecionado na quarta posição no recrutamento de calouros da NFL.

Terceira escolha do Draft de 2013 da WNBA, Diggins-Smith não deixou barato e retrucou no Twitter, ganhando apoio das fãs em postagem que já passou das 2,2 mil curtidas. O sucesso da armadora nas quadras é um dos motivos que a tornam uma das jogadoras de basquete mais midiáticas do planeta.

Desde que chegou à WNBA, Diggins-Smith joga pelo menos time: o Dallas Wings, que até 2015 se chamava Tulsa Shock. Em sua carreira, a armadora tem médias de 14,4 pontos e 4,2 assistências em 30,3 minutos por exibição. Jogou o All-Star Game em 2014 e 2015 e foi campeã mundial em 2012 pela seleção americana.

Um incidente ocorrendo um dos rappers mais famosos da atualidade também ajudou a deixar Diggins-Smith ainda mais conhecida. Em abril, a armadora se casou com Daniel Smith, quem namorava desde a universidade. Dois anos antes, seu marido iniciou uma rixa com Drake, que se declarou para a jogadora durante a apresentação de evento na "ESPN".

Os brasileiros ficaram perto de ver a jogadora mais estilosa do basquete mundial de perto. Diggins-Smith foi pré-convocada para a Olimpíada do Rio de Janeiro, mas acabou cortada da seleção americana.