Basquete

Americano do Real Madrid relata ofensas racistas após briga no Eurobasket

Ozan Kose/AFP
Anthony Randolph e Kristaps Porzingis trocam provocações durante jogo do Eurobasket Imagem: Ozan Kose/AFP

Do UOL, em São Paulo

22/09/2017 17h41

Um desentendimento com uma estrela da NBA resultou em incontáveis ofensas racistas ao americano Anthony Randolph, que foi campeão do Eurobasket com a Eslovênia. O atleta naturalizado esloveno brigou com o ala-pivô Kristaps Porzingis, do New York Knicks, em duelo das quartas de final da competição.

Expulso daquele jogo, Randolph relatou, em entrevista ao site “The Undefeated”, que os dias seguintes foram repletos de mensagens preconceituosas de vários cantos do mundo.

“Nas noites e dias após o aquele incidente eu tinha torcedores letões, turcos, pessoas de tudo quanto é canto, pessoas em Nova York, deixando comentários na minha página me chamando pela ‘palavra com N’. Tinha quem dissesse que eu era um lixo e que se eu fosse para Nova York iam me matar. Foi interessante. Eu não respondi a ninguém ou gastei minha energia com esse tipo de coisa”, lembrou o ala-pivô, jogador do Real Madrid.

Randolph teve médias de 11,7 pontos e 5,2 pontos pela Eslovênia, liderada pelo armador Goran Dragic, MVP da competição e jogador do Miami Heat, e pelo jovem Luka Doncic, que defende o Real Madrid e deve entrar na NBA na próxima temporada. O americano se mostrou confuso com as diversas ofensas recebidas.

“É confuso pensar que as pessoas sintam algo tão forte sobre um homem crescido que elas provavelmente nunca encontraram. Eu entendo que os torcedores se sentem de uma certa maneira sobre seus jogadores favoritos. Só usei como motivação. Acho que me ajudou a me concentrar e jogar no jogo seguinte e querer ganhar o ouro ainda mais”, completou.

O ala-pivô explicou seu ponto de vista da confusão, após Porzingis dizer que o rival estava “jogando sujo” e “provocando” desde o início. “Nos enrolamos e eu tentei me soltar dele. Eu virei e ele estava vindo na minha direção. A primeira coisa que eu pude pensar foi, ‘o que está acontecendo?’ Foi um jogo intenso. Disse a ele, ‘você tem um problema.’ Não há sentido conversar aqui”, finalizou.

Hoje no Real Madrid, Randolph passou por Golden State Warriors, New York Knicks, Minnesota Timberwolves e Denver Nuggets antes de ir para Europa. 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Bala na Cesta
EFE
UOL Esporte
UOL Esporte
Redação
Redação
Redação
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Redação
Redação
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Redação
Bala na Cesta
Redação
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
UOL Esporte
UOL Esporte
Redação
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Redação
UOL Esporte
Redação
Bala na Cesta
Redação
Bala na Cesta
Redação
Bala na Cesta
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Bala na Cesta
Redação
Bala na Cesta
Redação
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Redação
Redação
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Topo